SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL INTERNACIONAL

City vence United sem Cristiano Ronaldo em clássico de Manchester e volta a abrir vantagem na Premier League

Da Redação do Sports Manaus, com informações – ESPN.com.br

Manchester City levou a melhor em clássico contra o United com dois gols de Kevin De Bruyne

Foto: Divulgação / Manchester City

Manchester City levou a melhor no clássico contra o United, neste domingo, pela 28ª rodada da Premier League. Jogando em casa, no Etihad Stadium, o time de Pep Guardiola contou com dois gols e uma assistência de Kevin De Bruyne para vencer o rival por 4 a 1.

Foi uma partida também de transmissão histórica nos canais ESPN e Star+, marcando o início da semana do Dia Internacional da Mulher. O jogo teve equipe 100% feminina, do comando nos microfones, em narração, comentários e reportagem, aos bastidores com a equipe técnica.

Com a bola rolando, os Citizens saíram na frente com menos de cinco minutos de jogo, com De Bruyne. Os Red Devils empataram ainda na primeira etapa, com Sancho, que curiosamente, é ex-City, mas o belga novamente apareceu e fez 2 a 1 após uma jogadaça de Phil Foden. No segundo tempo, Riyad Mahrez, duas vezes, deu números finais à partida.

Vale ressaltar que, do lado do United, o técnico Ralf Rangnick não contou com sua principal estrela, Cristiano Ronaldo, nem relacionado para o duelo, com dores no quadril, assim como o zagueiro Raphael Varane e o lateral Luke Shaw, que testaram positivo para COVID-19.

Melhores momentos

Jogando em casa, no Etihad Stadium, o time de Pep Guardiola contou com dois gols e uma assistência de Kevin De Bruyne para vencer o rival por 4 a 1.

O destaque: Kevin De Bruyne

De Bruyne comandou a vitória por 4 a 1 no clássico de Manchester, com dois gols e uma assistência (genial) para Mahrez

Não foram necessários nem cinco minutos para que o City abrisse o placar. E foi dos pés de De Bruyne que saiu o 1 a 0. Ele aproveitou boa tabela da esquerda de Jack Grealish com Bernardo Silva, que cruzou para ser o responsável pela assistência do tento. Foi o 50º gol do craque dos Citizens, se tornando o oitavo jogador do clube a superar a marca na Premier League.

De Bruyne fez 1 a 0 contra o Manchester United

Destaque dos donos da casa no Etihad Stadium, De Bruyne também foi o autor do segundo gol, mas nesse o destaque foi Foden, que fez uma linda jogada, com direito a chapéu em Lindelof. Ao belga, restou aproveitar o rebote para mandar para o fundo das redes.

No terceiro gol do City, novamente participação de De Bruyne, que cobrou escanteio na medida para Mahrez chegar batendo e fazer um belo tento para fechar a vitória.

De Bruyne encontrou Mahrez sozinho e viu o camisa 26 anotar uma pintura de canhota

Foi mal: Lindelof

A ausência de Varane preocupou a torcida do Manchester United, receosa com a dupla a ser formada por Harry Maguire e Victor Lindelof. Contra um dos ataques mais letais da Premier League, os zagueiros, de fato, sofreram. Depois de levar um gol logo no início da partida, o sueco ainda acabou ilustrando a dificuldade enfrentada pelos Red Devils, levando um chapéu completamente desmoralizador de Foden, no lance que antecedeu o 2 a 1.

Foden, que quase anotou um gol de placa no clássico, viu De Bruyne marcar no rebote

Teve ‘lei do ex’

Pouco antes de o City chegar ao segundo gol, aos 21 minutos, o United chegou a empatar. Em um belo contra-ataque, Sancho recebeu na esquerda de Paul Pogba, abriu caminho entre dois marcadores e bateu rasteiro no canto esquerdo de Ederson, que se esticou, mas não pegou.

Foi um gol especial para o jovem astro inglês, que passou dois anos nas categorias de base do City, mas nunca explodiu. Ele foi brilhar no Borussia Dortmund antes de voltar a Manchester, mas agora vestindo a camisa do rival United, em negócio de mais de 90 milhões de euros.

Sancho deixou tudo igual no clássico contra o Manchester City

Mahrez define com ajuda do VAR

Para fechar a conta, já nos acréscimos, Mahrez fez seu segundo gol no jogo. Inicialmente anulado pela arbitragem, o tento foi validado pelo VAR, que revelou que o atacante do City não estava em impedimento.

Com ajuda do VAR, Mahrez pôde comemorar o segundo gol no clássico

Situação do campeonato

Com a vitória no clássico, o Manchester City segue líder absoluto da Premier League, com 69 pontos, novamente seis acima do Liverpool, que foi a 63 no sábado e ainda tem um jogo a menos. Já o United é quinto colocado, com 47, um abaixo do Arsenal, que fecha o top 4.

Os Citizens agora voltam suas atenções para a Champions League, já que na quarta-feira, às 17h (de Brasília), fazem o jogo de volta das oitavas de final contra o Sporting, com a vantagem de uma vitória por 5 a 0 na ida em Portugal. No Inglês, o próximo rival é o Crystal Palace.

Já o United tem a semana livre até o compromisso do próximo sábado (12) na Premier League, contra o Tottenham, às 14h30 (com transmissão ao vivo e exclusiva para assinantes Star+).

 

 

Outras postagens...

“Nós temos 45 dias para a estreia”, comemora técnico do Parintins FC com uma semana de treinos para o Amazonense 2024

Paulo Rogério

Manchester United já escolheu o ‘plano B’ para o ataque após ‘chapéu’ do Borussia por sensação

Paulo Rogério

Nos braços do povo! Brasil goleia o Chile no Maracanã e se despede com festa rumo à Copa do Mundo

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...