SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL INTERNACIONAL

Com Salah, Egito vê goleiro ser herói nos pênaltis, bate Camarões e encara Senegal na decisão da Copa Africana

Da Redação do Sports Manaus, com informações – ESPN.com.br

Após empate sem gols com a bola rolando, Gabasky foi herói egípcio nos pênaltis e garantiu vaga na final

Foto: DANIEL BELOUMOU OLOMO/AFP via Getty Images

Atuando dentro de casa, a seleção de Camarões enfrentou o Egito de Salah pela semifinal da Copa Africana de Nações nesta quinta-feira (3). Após empate sem gols com a bola rolando, os Faraós venceram por 3 a 1 nos pênaltis após Gabasky ser herói.

O primeiro tempo foi de amplo domínio camaronês, com o goleiro Abou Gabal sendo destaque por conta das inúmeras defesas que foi obrigado a fazer.

A chance de maior perigo, porém, foi do Egito, com Salah, em contra-ataque, mas que acabou não terminando em bola na rede.

Na volta para a segunda etapa, o panorama foi parecido, mas novamente Salah teve a melhor chance. Aos 10 minutos, o camisa 10 foi lançado em liberdade em contra-ataque, mas Onana saiu bem da área e atrapalhou o atacante, que tentou driblá-lo.

Aos 22, em falta cobrada na lateral do campo, Ekambi desviou de cabeça e obrigou o goleiro egípcio a fazer ótima defesa.

No final do tempo regulamentar, Carlos Queiroz acabou sendo expulso por conta de suas reclamações, chegando a ficar irritado com o árbitro.

Na prorrogação, a cautela ditou o ritmo do jogo e o empate persistiu no placar, levando a decisão da classificação para os pênaltis. Com Gabasky defendendo duas cobranças, os Faraós venceram por 3 a 1 e avançaram pra final.

Final quente

A equipe, agora, enfrentará a seleção de Senegal, liderada por Mané, do Liverpool, e Mendy, do Chelsea, na decisão do próximo domingo (6).

Duelo dos maiores campeões

Egito e Camarões são os dois maiores vencedores da Copa Africana. Enquanto os Faraós possuem sete conquistas, os Leões Indomáveis ficam logo atrás com cinco. Além disso, o duelo foi a reedição da final de 2017, vencida pelos camaroneses.

Farpas antes da partida

Antes da partida, o centroavante Vincent Aboubakar polemizou sobre a estrela Mohamed Salah, afirmando que não o impressiona muito por não estar no nível de alguns outros.

No sacrifício?

Substituído nas quartas de final por conta de lesão, Abou Gabal voltou a sentir na semifinal. Ainda assim, seguiu em campo e ajudou o time a se manter no jogo com boas defesas, principalmente na disputa por pênaltis.

Ficha técnica

Camarões 0 x 0 Egito

CAMARÕES: Onana; Catelletto (Moukoudi), Ngadeu e Tolo; Fai, Zambo Anguissa, Oum Gwet (Léa Siliki) e Hongla (Jean Onana); Ngamaleu (N’Jie), Aboubakar e Toko Ekambi (Bassogog). Técnico: Toni Conceição

EGITO: Abou Gabal; Kamal (Ashour), Monem, Wl Wench e Fattoh; Elneny (Lasheen), Fathi e Al-Sulaya (Trezeguet); Salah, Mohamed (Sherif (Zizo) e Marmoush (Sobhi). Técnico: Carlos Queiroz

 

Outras postagens...

Eliminatórias: Fifa emite comunicado após a suspensão de Brasil x Argentina; veja a nota

Paulo Rogério

Não deu! Fluminense empata com o Barcelona de Guayaquil e está eliminado da Libertadores

Paulo Rogério

Com Lukaku ‘barrado’, Chelsea vence o Lille e abre vantagem em duelo da Champions

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...