SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

Cruzeiro sai na frente, mas Atlético busca virada nos acréscimos no Mineirão

Da Redação do Sports Manaus, com informações da GAZETA ESPORTIVA – São Paulo, SP – 06-03-2022 20:01:02

Foto: Pedro Souza / Atlético

No último jogo da nona rodada, o Atlético-MG buscou uma virada já nos acréscimos no clássico contra o Cruzeiro, em vitória por 2 a 1, no Mineirão. Com o resultado, o Galo continuou na liderança, mas agora isoladamente, com 22 pontos. Com isso, alcançou uma vaga para a semifinal. Já a Raposa permaneceu com 19 pontos.

O gol do Cruzeiro saiu antes e foi do jovem Vitor Roque, de apenas 17 anos. Ele já marcou quatro gols nesta temporada. Do outro lado, o veterano Hulk sofreu pênalti e converteu a cobrança, enquanto Ademir, aos 52 minutos, colocou o Atlético na frente.

Na próxima rodada, o Cruzeiro recebe o Pouso Alegre no Independência, no domingo, às 16h30 (de Brasília), enquanto o Atlético visita o Democrata no mesmo horário, mas um dia antes.

Antes do clássico, uma briga generalizada entre 50 torcedores, na região leste de Belo Horizonte, deixou uma pessoa morta. O homem foi baleado durante a confusão, chegou a ser reanimado, mas não resistiu. Outra pessoa que passava pelo local, ou seja, que não era torcedora de nenhum dos clubes, acabou baleada no ombro.

O jogo

Início de partida bastante movimentado, com chances claras para o Galo nos primeiros minutos. Jair chutou forte bem perto da trave direita de Rafael com um minuto de bola rolando. A resposta veio aos quatro, em cobrança ensaiada de falta com chute de Pedro Castro, nas mãos de Everson.

Aos sete minutos, nova chance dos mandantes, em finalização rasteira de Savarino, perto da trave. O duelo continuou intenso, e Hulk teve uma ótima chance aos 23 minutos após drible em Willian, mas Rafael defendeu.

A Raposa conseguiu equilibrar um pouco as ações, mas, como em qualquer clássico, o clima esquentou em algumas ocasiões, resultando em cartões amarelos. Com isso, o jogo ficou mais truncado.

No retorno do intervalo, a primeira chance foi do Cruzeiro. Após erro de Godín na área, Vitor Roque ajeitou e finalizou, mas a bola desviou na marcação. Aos 12 minutos, forte choque entre o goleiro Everson e o atacante Edu, que precisou ser retirado de ambulância.

Com menos intensidade que na primeira etapa, o duelo seguiu aberto, com chances para Hulk, em cruzamento fechado, e, depois, para Bruno José, que inverteu muito forte para Vitor Roque e a bola foi para fora. No entanto, a Raposa abriu o marcador após rápida saída de bola partindo do goleiro para a direita, com Bruno José, que cruzou certeiro para Roque fazer de cabeça.

O Galo não se intimidou, mandou uma bola na trave na sequência e, em cobrança de falta de Hulk, Rafael fez grande defesa. Aos 38, o árbitro marcou pênalti de Oliveira em cima do camisa 7, convertido por ele mesmo.

Com oito minutos de acréscimo, as equipes continuaram tentando ficar à frente do marcador. Ademir driblou dois defensores na pequena área e chutou, para boa defesa de Rafael. No entanto, já no fim da partida, o camisa 19 não deu chances ao goleiro após cruzamento de Arana.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2 X 1 CRUZEIRO

Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 6 de março de 2022 (domingo)
Horário: 18h (de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenutto
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Celso Luiz da Silva
GOLS: CRUZEIRO: Vitor Roque, aos 24 minutos do 2º tempo; ATLÉTICO-MG: Hulk, de pênalti, aos 38 minutos, e Ademir, aos 52 minutos do 2º tempo
Cartões amarelos: Willian Oliveira, Vitor Roque, Rafael Santos (Cruzeiro); Guilherme Arana, Guga, Hulk, Allan, Mariano (no banco) e Keno (Atlético-MG)

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano (Guga), Nathan Silva, Godín, Guilherme Arana; Allan, Jair, Nacho; Savarino (Vargas), Keno (Ademir) e Hulk.
Técnico: Toni Mohamed

CRUZEIRO: Rafael Cabral; Rômulo, Eduardo Brock, Lucas Oliveira, Rafael Santos; Willian Oliveira, Pedro Castro (Machado), Fernando Canesin (Geovane); Daniel Jr. (João Paulo), Vitor Roque (Bidu) e Edu (Bruno José).
Técnico: Martin Varini

 

Outras postagens...

Na primeira semi, Manauara vence o Princesa por 3 a 1 e fica próximo da final do Campeonato Amazonense

Paulo Rogério

Com reservas, Fluminense perde para o Bahia, que abre vantagem para a zona de rebaixamento

Paulo Rogério

Santos vence o Red Bull Bragantino e entra na briga por vaga na Libertadores

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...