SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

Em noite histórica para Joel Carli, argentino marca e Botafogo goleia o Volta Redonda no Carioca

Da Redação do Sports Manaus, com informações – LANCE! – 07/03/2022 – 21:30 – Rio de Janeiro (RJ)

Argentino chegou a 180 jogos e se tornou, ao lado de Rodolfo Fischer, o estrangeiro que mais vezes atuou pelo Alvinegro; de quebra, zagueiro marcou o primeiro gol

Foto: VITOR SILVA/BFR

Na noite que marcou os 180 jogos de Joel Carli com a camisa do Botafogo – e colocou o argentino como o estrangeiro com mais jogos pelo Alvinegro -, o Glorioso venceu o Volta Redonda por 5 a 0. A partida, disputada nesta segunda-feira no Estádio Nilton Santos, foi válida pela 10ª rodada do Campeonato Carioca. O próprio argentino, Lucas Mezenga, Rikelmi e Erison, duas vezes, marcaram os gols.

 
O Botafogo volta aos gramados no próximo domingo para enfrentar o Audax Rio, às 18h, em Angra dos Reis. O Voltaço mede forças com a Portuguesa no sábado, às 16h, no Raulino de Oliveira. Ambos os jogos são válidos pela última rodada da Taça Guanabara.

O Botafogo chega a 19 pontos e se iguala ao Vasco, mas ultrapassa o Cruz-Maltino e chega à 3ª colocação do Carioca por ter marcado mais gols na competição. O Volta Redonda segue em situação dramática: com cinco pontos, é o lanterna.

GOL EM NOITE HISTÓRICA!
A noite especial para Joel Carli foi coroada com uma bola na rede. O Botafogo começou pressionando e passou perto de marcar logo nos primeiros minutos. A alegria do gol veio aos 10 minutos: após escanteio batido por Daniel Borges, Carli subiu mais alto que a defesa e saiu para o abraço.

QUEDA NO RITMO
O Botafogo não tirou o pé do acelerador depois da bola na rede. Com Raí e Matheus Nascimento bem participativos, o Alvinegro era dominante em todas as áreas do campo. A equipe, contudo, caiu de ritmo após a parada técnica e a partida perdeu em intensidade.

O único lance de emoção da segunda metade da primeira etapa foi um contra-ataque puxado por Rikelmi. O camisa 27 deixou Matheus Nascimento na boa para marcar, mas o atacante quis driblar o goleiro e perdeu boa oportunidade.

AGITADO
Ameaçado pelo rebaixamento, o Volta Redonda voltou com tudo para o segundo tempo. Pressionando mais alto, o Voltaço incomodou a saída de bola do Alvinegro e até chegou a assustar o goleiro Gatito Fernández.

A questão é que a estrategia abriu espaços para o Glorioso no contra-ataque. O Botafogo teve duas descidas em velocidade com perigo envolvendo Raí, conduzindo e passando, e Luiz Fernando, finalizando: na primeira, o atacante deu uma cavadinha e o zagueiro afastou em baixo da trave; na segunda, a bola desviou no meio do caminho e o goleiro teve que operar um milagre.

XEQUE-MATE
Apesar de tanta correria, o Botafogo teve a tranquilidade no placar em um lance de bola parada: após escanteio batido por Vitor Marinho, Lucas Mezenga apareceu livre na área para finalizar e marcar o segundo gol do Alvinegro na partida.

E ainda deu tempo de fechar com chave de ouro. Em jogada pelo lado esquerdo, Romildo cruzou rasteiro para Rikelmi, que estava livre na entrada da área, acertar um chute de rara felicidade e sair para o abraço. Foi o primeiro gol como profissional do camisa 27.

VIROU GOLEADA
A porteira abriu: o Botafogo marcou dois gols em dois minutos para fechar o jogo. Os lances foram muito parecidos: em jogadas pelo lado direito, o time conseguiu chegar à linha de fundo e, após cruzamentos rasteiros, a bola encontrou Erison dentro da área. O “El Toro” antecipou os zagueiros e marcou. Para cororar a goleada!

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO X VOLTA REDONDA
Data-Hora: 07-03-22, às 19h30
Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Felipe da Silva Gonçalves Paludo (RJ)
Assistentes: Gabriel Conti Viana (RJ) e Daniel de Oliveira Alves Pereira (RJ)
Gramado: Bom
Cartões amarelos: Kayque, Matheus Nascimento e Kanu (BOT); Tinga, Bruno Barra e Júlio Amorim (VRE)
Cartões vermelhos:

Gols: Joel Carli (1-0, 11’/1ºT); Lucas Mezenga (2-0; 31’/2ºT); Rikelmi (3-0, 41’/2ºT); Erison (4-0, 45’/2ºT); Erison (5-0, 47’/2ºT)

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Daniel Borges (Vitor Marinho/Intervalo), Joel Carli (Lucas Mezenga/Intervalo), Kanu, Jonathan Silva; Kayque (Romildo 23’/2ºT), Barreto; Luiz Fernando, Raí (Juninho 42’/2ºT), Rikelmi; Matheus Nascimento (Erison 39’/2ºT). Técnico: Lúcio Flávio.

VOLTA REDONDA: Vinícius Dias; Júlio Amorim, Grasson, Alemão, Luiz Paulo; Bruno Barra, Tinga (Romarinho 24’/2ºT), Bruno Gallo (Evertton 42’/2ºT); MV, Pedrinho, Lelê (Mattos 24’/2ºT). Técnico: Wilson Leite.

 

Outras postagens...

Flamengo vence o América-MG, chega à vice-liderança e acirra briga por título do Brasileirão

Paulo Rogério

Gana sofre, mas derrota Coreia do Sul por 3 a 2 pelo Grupo H da Copa

Paulo Rogério

Torcida comparece, mas Vasco cede empate para a Chapecoense no fim

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...