SportsManaus
NOTÍCIAS

Em nota, Botafogo afirma que chegou a acordo para resolver dívidas históricas

Da redação do Sports Manaus, com informações – LANCE! – 17/03/2023 – 19:45 – Rio de Janeiro (RJ)

Glorioso anuncia na noite desta sexta-feira (17) que tem nova proposta para um consenso com representantes com credores trabalhistas e o Sindeclubes 

Foto: Vítor Silva/Botafogo

Botafogo anunciou na noite desta sexta-feira (17) a chegada a um consenso com representantes dos credores trabalhistas e com o Sindicato dos Clubes (Sindeclubes) em relação às bases de uma nova proposta para encaminhar as dívidas trabalhistas. A proposta será apresentada na próxima semana.

De acordo com o Alvinegro, as negociações foram conduzidas pelo diretor geral da SAF, Thairo Arruda, pelo diretor da Eagle Holding, Danilo Caixeiro, e pelo “head” jurídico geral da SAF, Jonas Marmello, com os seguintes advogados representantes da comissão de credores: Leonardo Laporta, Bichara Neto, Carlos Moutinho e Theotonio Chermont. Henrique Fragoso representou o Sindicato dos Empregados em Clubes (Sindeclubes).

De acordo com o Alvinegro, a proposta feita “será benéfica para ambas as partes, sendo facultado o deságio aos credores”. Há previsão de outros mecanismos para quitar o passivo do clube, tais como aportes extraordinários.

 

O novo formato, segundo o Botafogo, “concederá maior previsiblidade aos credores quanto aos pagamentos e garantirá a tão esperada eficiência no tratamento do passivo histórico do clube, além de servir de benchmark para outras SAFs que estão surgindo no futebol brasileiro”.

A nova proposta do Glorioso passará por uma análise da Justiça do Trabalho e ainda precisa do deferimento e da homologação para continuar. As partes estão otimistas por resolver o passivo trabalhista histórico. 

O diretor geral da SAF foi categórico sobre como esta negociação é relevante para o Botafogo seguir seu planejamento.

– Esse histórico acordo traz de volta a viabilidade financeira da SAF e conforto aos credores e Clube Social. Gostaria de agradecer a todos os representantes dos credores pelo profissionalismo nas negociações e de reafirmar o compromisso do acionista majoritário John Textor com o Botafogo na quitação das dívidas do Clube Social – destacou Thairo Arruda.

O “head” jurídico da SAF, Jonas Marmello, também valorizou a maneira como todos tentaram entrar em um consenso.

– As negociações junto à Comissão de Credores e ao Sindicato demonstram a intenção do Botafogo em contribuir para o ecossistema do futebol e para o aperfeiçoamento da Lei da SAF. Confiamos no trabalho do Poder Judiciário e de todos os juristas para promover decisões que contemplem o interesse de todas as partes, com eficácia e celeridade, e firmem um marco para as SAFs.

Veja o comunicado na íntegra

O Botafogo, representantes dos credores trabalhistas e o Sindicato dos Clubes (Sindeclubes) chegaram a um consenso nesta sexta-feira (17) sobre as bases de uma nova proposta de encaminhamento das dívidas trabalhistas, que será apresentada à Justiça do Trabalho na próxima semana.

As negociações foram conduzidas pelo Diretor Geral da SAF Thairo Arruda, pelo Diretor da Eagle Holding Danilo Caixeiro e pelo Head Jurídico Geral da SAF Jonas Marmello com os seguintes advogados representantes da comissão de credores: Leonardo Laporta, Bichara Neto, Carlos Moutinho e Theotonio Chermont. Henrique Fragoso representou o Sindicato dos Empregados em Clubes (Sindeclubes).

A nova proposta de acordo será benéfica para ambas as partes, sendo facultado o deságio aos credores. Estão previstos outros mecanismos para aceleração da quitação do passivo, tais como a possibilidade de aportes extraodinários. O novo formato concederá maior previsiblidade aos credores quanto aos pagamentos e garantirá a tão esperada eficiência no tratamento do passivo histórico do clube, além de servir de benchmark para outras SAFs que estão surgindo no futebol brasileiro.

A proposta será submetida a análise da Justiça do Trabalho, na próxima semana, e dependerá de deferimento e homologação. O Botafogo, credores e o Sindeclubes estão confiantes que a proposta será eficaz para resolver o passivo trabalhista histórico.

“Esse histórico acordo traz de volta a viabilidade financeira da SAF e conforto aos credores e Clube Social. Gostaria de agradecer a todos os representantes dos credores pelo profissionalismo nas negociações e de reafirmar o compromisso do acionista majoritário John Textor com o Botafogo na quitação das dívidas do Clube Social”, destacou o Diretor Geral da SAF Thairo Arruda.

“As negociações junto à Comissão de Credores e ao Sindicato demonstram a intenção do Botafogo em contribuir para o ecossistema do futebol e para o aperfeiçoamento da Lei da SAF. Confiamos no trabalho do Poder Judiciário e de todos os juristas para promover decisões que contemplem o interesse de todas as partes, com eficácia e celeridade, e firmem um marco para as SAFs”, complementou o Head Jurídico Geral da SAF Jonas Marmello.

 
 
 
 
 

Outras postagens...

Diniz convoca Raphinha para seleção brasileira, após corte de Vini Jr

Paulo Rogério

Vasco recebe última parcela de aporte da 777 Parners depois de atraso nos pagamentos

Paulo Rogério

CBF divulga tabela detalhada das quartas da Série D do Brasileiro

Paulo Rogério

Leave a Comment