SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Para conquistar uma vitória diante do Fluminense, técnico do Fast afirma: “Já estudamos bastante”

O Fast Clube venceu na estreia da Copinha, a exemplo do Fluminense, que conquistou três pontos na abertura da competição

Foto: Divulgação / Fast Clube

Motivado pela boa vitória na estreia diante da Matonense-SP, a garotada do Fast Clube terá pela frente seu adversário mais difícil na Copa São Paulo de Futebol Júnior: o Fluminense. Com três pontos, ao lado do Fluzão, o confronto pela segunda rodada, no grupo 6, será nesta sexta-feira, 7/1, às 14h15 (15h15 de Brasília), no Estádio Hudson  Buck Ferreira, em Matão, no interior paulista.

No seu último treino nesta quinta-feira, no campo Ismael de Brito, no bairro Jardim popular, em Matão, o técnico Darlan Barroso, afirmou que assistiu o jogo do time carioca. Segundo ele, seu esquema para conquistar um grande resultado, que pode vale a classificação para a próxima fase da Copinha, já foi montado.

– Acompanhamos sim o jogo do Fluminense. Deu para analisar o esquema deles, algumas coisas importantes e as variações da equipe. Já estudamos bastante, onde passamos para a nossa garotada as orientações. Nos treinos conscientizamos muito os jogadores para ter muita obediência tática, muita consciência dentro de campo e para cumprir as funções. Com certeza, se eles fizeram o que a gente pedir, vamos conseguir um grande resultado – disse ao SPORTS MANAUS.

Sobre o resultado na abertura da Copa São Paulo diante dos donos da casa, o comandante do Rolo Compressor, afirmou que o grupo foi alertado sobre a sequência da competição e que nada está garantido ainda sobre a classificação.

– A garotada ainda está eufórica, mas nós estamos trabalhando essa parte psicológica deles, de que ainda não ganhamos nada e foi apenas uma vitória. Temos que manter o foco, manter o grupo comprometido e continuar com a seriedade para tentar conseguir a classificação nessa partida – comentou, mas ainda citou.

– Uma vitória na estreia deu a possibilidade de disputar a vaga até a última rodada, principalmente por ter sido contra os donos da casa, onde tinha o fator campo, torcida, enfim, nos deu uma moral. A equipe estava bastante preparada e consciente de que poderíamos conseguir um bom resultado, já que as informações que nós tínhamos eram muito importantes a nosso favor – finalizou Darlan.

 

Outras postagens...

Com seis vitórias consecutivas, Manauara EC goleia o Humaitá-AC de 4 a 0 e possui a melhor campanha da Série D do Brasileiro

Paulo Rogério

“Vou usar minha experiência”, diz novo técnico do Penarol, que foi auxiliar na Seleção Feminina em Mundiais e Olimpíadas

Paulo Rogério

Presidente do Brasil-RS lamenta estreia com Manaus sem público e alerta sobre regularidade na Série C

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...