Para mudança da Série D 2020, presidente da Liga do Nordeste vai apresentar proposta, dia 26/9, em Aracaju

457

Foto: Canindé Pereira 

A atual fórmula de disputa do Brasileiro da Série D pode sofrer alterações significativas na temporada de 2020. Esse é o pensamento do presidente da Liga do Nordeste, Eduardo Serrano da Rocha, de 58 anos. O gestor do América-RN vai levar uma proposta na reunião da Liga, no dia 26 deste mês, por ocasião do sorteio da competição, em Aracaju, Sergipe.

De Natal, o presidente da Liga do Nordeste, disse ao SportsManaus, que a proposta seria de uma competição em que os clubes jogariam muito mais, teriam um calendário maior e todos teriam condições de lutar por vagas na sequência da Série D, obedecendo um critério de classificação na fase classificatória.

– A ideia é dividirmos em grupos regionalizados de oito ou de dez clubes, em jogos de ida e volta, numa segunda fase ficando os 32 clubes, como é atualmente. A partir daí seriam quatro grupos de oito equipes, saindo dois times de cada grupo com apenas jogos de ida, com total de sete partidas. Na sequência, ficariam dois clubes de cada grupo, totalizando oito. Por questão de calendário, teríamos o primeiro e único mata-mata, com cruzamento olímpico, sendo o 1×8 e 2×7, assim por diante, em jogos de ida e volta. No final, os quatro melhores se classificariam para Série C de 2021 – explicou, mas ainda ressaltou:

Presidente ressaltou que nos moldes atual, os 36 clubes ficam eliminados com 45 dias de competição (crédito: Canindé Pereira)

– A ideia é inclusive no intuito de obedecer a própria Lei Pelé, que diz que o contrato do atleta profissional e de no mínimo três meses. Nos moldes atual, os 36 clubes ficam eliminados com 45 dias de competição. Além disso, a lei exige uma antecedência para se modificar o formato da competição.

De acordo com dirigente Mecão Potiguar, que ficou nas oitavas de final da Série D para o Jacuipense-BA, a ideia já tem um aceno positivo por parte da confederação, o que seria importante para aprovação, quando for apresentado oficialmente para discussão.

– Essa tentativa já tem um certo apoio da CBF, são ideias um pouco distintas da nossa, que somos presidente da Liga do Nordeste, mas por obvio quem define é a confederação. Porém, é necessário que as federações estaduais atendendo os anseios dos seus clubes que disputam a Série D também se movimentem. Não é viável que um time que possa disputar tão somente um mês e meio de competição, sendo no mínimo seis jogos, porque a primeira fase são seis jogos, sendo três de ida e mais três de volta – contou, mas ainda citou:

– Nossa ideia é que deveria ter grupos maiores, ainda que regionalizasse para diminuir despesas de deslocamento e hospedagem. Essa é a ideia em síntese, esperando que tenhamos sucesso junto a nossa reunião da Liga, no dia 26 de setembro, em Aracaju. Depois disso, podemos discutir mais detalhadamente para que refaçamos essa modificação, no prazo que a Lei Pelé exige.

Entenda mais especificamente a proposta:

1-A primeira fase com 68 equipes divididos em 17 grupos de quatro equipes, passando os primeiros colocados de cada grupo e mais os 15 segundos melhores colocados;

2-Na segunda fase, seriam os 32 classificados, divididos em quatro grupos de oito times, onde realizariam sete jogos apenas de ida. Os primeiros colocados fariam quatro partidas como mandantes;

3-Na terceira fase, contaria com 16 clubes, sendo quatro equipes de cada grupo. Os times seriam divididos em dois grupos de oito, com sete partidas cada. O clube que ficou em 1º lugar no seu grupo na fase classificatória jogaria quatro partidas em casa e três fora. Os clubes que ficaram em segundo, jogaria as partidas inversas da ideia anterior, de acordo com critério técnico. Na última fase, os oitos classificados os confrontos seriam no cruzamento olímpico para no final saber os quatro que conseguiriam o acesso para Série C de 2021;



I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.