Portuguesa sai na frente, mas Flamengo empata com gols de Pedro

31

Da redação do Sports Manaus, com informações – LANCE! – Matheus Dantas – 17/04/2021 – 22:58 – Rio de Janeiro (RJ) 

No Luso-Brasileiro, empate em 2 a 2 leva o Rubro-Negro à liderança momentânea da Taça Guanabara, com 20 pontos. Lusa é a quarta colocada, dependendo de si para ir às semis 

Foto: Marcelo Cortes / CRF 

Em uma partida de tempos distintos, Portuguesa e Flamengo empataram em 2 a 2 neste sábado, no Estádio Luso-Brasileiro. A Lusa abriu vantagem na etapa inicial, com gols de Mauro Silva e Romarinho, mas viu o Rubro-Negro melhorar após o intervalo e chegar à igualdade com dois gols do centroavante Pedro, que retornou ao time de Rogério Ceni após recuperar-se de lesão muscular. 
 
O resultado levou o Flamengo, com 20 pontos, à liderança momentânea, superando o Volta Redonda, que tem a mesma pontuação e entra em campo pela 10ª rodada da Taça Guanabara neste domingo, contra o Bangu, às 15h15. 
 
A Lusa, por sua vez, foi aos 18 pontos e está na quarta posição. O Madureira, com 15, e o Vasco, com 13, ainda têm chances de avançar às semifinais do Campeonato Carioca. Confira a tabela e a classificação completa do Carioca! 

PRIMEIRO TEMPO DE UM SÓ TIME, A LUSA 
 
A Lusa abriu vantagem em um primeiro impecável na Ilha. Diante da apatia rubro-negra, a Portuguesa inaugurou o placar logo aos 13 minutos, em finalização indefensável de Mauro Silva no ângulo de Hugo Souza. Já neste momento, os sinais de que o Flamengo não viveria uma boa noite estavam claros, com os setores de defesa, meio de campo e ataque fora de sintonia. 
 
Especialmente com Chay, aberto na esquerda, a equipe de Felipe Surian encontrou espaços para contra-atacar. Foi um passe do camisa 14 que encontrou Cafu próximo à área. O cruzamento passou por toda a defesa do Flamengo, sem ninguém conseguir afastar, até que a bola chegou aos pés de Romarinho, na segunda trave, e o atacante não teve problemas para ampliar. 
 
Ofensivamente, o Flamengo foi da mesma forma decepcionante. Matheuzinho, João Gomes, Hugo Moura, Pepê, Vitinho, Michael e Pedro… Todos participaram do bom início do “time alternativo” no início do Estadual, mas não foram capazes de superar a marcação da Portuguesa. Há de se dar os méritos à Lusa, dona da melhor defesa da Taça Guanabara, com quatro gols sofridos até então. 

PEDRO APROVEITA CHANCES E VAI À LIDERANÇA 
 
Na volta do intervalo, bastou ao Flamengo mostrar um pouquinho mais de disposição, adiantando a marcação, para equilibrar a partida. E, com isso, a bola passou a chegar em Pedro. Aos 10, o cruzamento de Michael veio da esquerda, e o camisa 21 antecipou-se ao zagueiro para desviar e diminuir. 
 
Oito minutos depois, a pressão na saída de bola rival deu resultado, com Hugo Moura desarmando próximo à área e encontrando João Gomes. A enfiada do volante foi precisa, e coube a Pedro apenas tocar na saída de Neguete para deixar tudo igual no Luso-Brasileiro. Retornando de lesão muscular, Pedro foi substituído por Rogério Ceni aos 29, dando lugar a Rodrigo Muniz. Max, por sua vez, entrou no lugar de Pepê – que não fez uma boa partida no meio de campo. 
 
Até o apito final, o time de Rogério Ceni teve maior controle do jogo, mas não passou disso. Nem Hugo Souza, do Flamengo, nem Neguete, da Portuguesa, precisaram fazer grandes intervenções e a igualdade em 2 a 2 persistiu na Ilha. 

FICHA TÉCNICA 
PORTUGUESA 2X2 FLAMENGO 
 
Estádio: Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro (RJ) 
Data e hora: 17 de abril de 2021, às 21h05 
Árbitro: Rafael Martins de Sá 
Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Fabiana Nóbrega Pitta 
 
Gols: Mauro Silva (1-0, 12’/1ºT), Romarinho (2-0, 7’/1ºT) e Pedro (2-1, 10’/2ºT e 2-2, 18’/2ºT) 
 
Cartão amarelo: Neguete, Pedro Carrerete, Luís Gustavo, Emerson Carioca (POR); Gustavo Henrique (FLA) 

Cartão vermelho: Ninguém. 

PORTUGUESA (Técnico: Felipe Surian) 
 
NegueteWatson (Sidney, 13’/2ºT), Pedro Carrerete, Diego Guerra e Luís Gustavo (Muniz, 32’/2ºT); Wellington César, Mauro Silva, Cafu (Pernão, 19’/2ºT) e Chay; Emerson Carioca (Douglas Eskilo, 32’/2ºT) e Romarinho. 

FLAMENGO (Técnico: Rogério Ceni) 
 
Hugo; Matheuzinho, Rodrigo Caio (Bruno Viana, Intervalo), Gustavo Henrique e Renê; Hugo Moura, João Gomes (Thiaguinho, 41’/2ºT) e Pepê (Max, 29’/2ºT); Michael, Vitinho (Mateus Lima, 45’/2ºT) e Pedro (Rodrigo Muniz, 29’/2ºT). 

 



I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.