Presidente do Princesa negocia apoio da prefeitura de Manacapuru e retorno de Maddy e Holofernes

1117

Foto: Divulgação / FAF

Campeão estadual em 2013, além de três vices em 2014, 2015 e 2016, o Princesa do Solimões não foi o mesmo dos últimos anos e quase ficou na iminência de ter sido rebaixado no Campeonato Amazonense de 2020, que foi cancelado por decisão dos clubes, mas que agora será realizado por força do TJD para definição do campeão e os representantes regionais para as competições da CBF.

Para montar uma equipe competitiva para disputar o novo campeonato estadual de forma curta e também o regional deste ano, o atual presidente do Tubarão do Norte, Modesto Alexandre, disse que já publicou um edital de convocação para uma nova diretoria. Ele confessou, que mantem contato com a prefeitura de Manacapuru para conseguir uma ajuda master na temporada.

– O Princesa só caminha com o apoio da prefeitura, seja o que for, a começar pelo estádio e quem administra é o poder público da cidade. A prefeitura tem que entrar no game ou financeiramente nessa parte de ceder alguns funcionários no dia de jogos, o médico, a ambulância, caso a gente não consiga com do corpo de bombeiro, além disso, tem os remédios, ataduras, enfim, essas coisas tem que envolver a prefeitura. O poder municipal tem que estar presente, e isso não tem como ficar de fora – alertou ao SPORTS MANAUS, mas não tem ideia dos valores do clube.

– Não sei quanto foi o orçamento do time ano passado no campeonato. Isso foi feito por uma comissão, eu só assinava e entregava para eles. Para montar um time hoje gira em torno de R$ 80 a $ 100 mil por mês, caso contrário, não se monta nada. A gente consegue alguns patrocínios, mas hoje com essa pandemia você não vai ter ajuda de nada. Ano passado, ainda teve o dinheiro da TV A Crítica. Agora pergunto, o que a FAF vai oferecer para gente? Na última reunião, o Roberto Peggy falou que vai arrumar patrocínio, enfim, a gente está esperando – contou o dirigente.

Sem saber se vai continuar na presidência do Princesa, Modesto Alexandre, também negocia o retorno dos ex-dirigentes Raphael Maddy e Holofernes Leite para compor o grupo no campeonato.

– Nós estamos com uma conversa com o Raphael para ele voltar e o Holofernes. A gente precisa de um diretor de futebol. Ano passado não deu certo, e o Raphael ficou fora. O prefeito foi reeleito, ele apoiou e criou uma comissão que ajudou o Princesa. Ele falou que queria o Maddy na frente do futebol, que é empresário e não se faz futebol com o valor que passou para a comissão. São cinco meses de competição e o prefeito sugeriu que o Maddy voltasse – finalizou.

 



I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.