SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Com jogos em várias categorias, Festival das Escolinhas de Futebol do Amazonas/Roraima faz história em Presidente Figueiredo

A competição reuniu cinco equipes em cinco categorias com mais de 250 garotos em campo.

Foto: Francisco Carioca

No último final de semana, o município de Presidente Figueiredo (a 125 km da capital), foi palco de um dos maiores eventos do futebol de base do estado, com a realização da 3ª edição do Festival das Escolinha de Futebol do Amazonas/Roraima. O evento foi realizado no CET Maria Eva, com a participação de mais de 250 garotos, com total de cinco equipes, em cinco categorias: Sub-8, Sub-10, Sub-12, Sub14 e Sub-16

A garotada que brilhou nas diversas categorias, mostrando o talento e potencial dos futuros craques da região Norte a até do futebol brasileiro, foram as equipes do Figueiredense FC, Genesis, Passo para o Futuro (Presidente Figueiredo) e Fair Play da capital, além do Flamengo, de Roraima.  

O ex-jogador, graduado em Educação Física, com passagem como treinador da base do Fast Clube, Rio Negro e Manaus, Mozart Carlos, idealizador e coordenador do festival, ficou satisfeito com o resultado conquistado, com a participação da garotada, pais e o público em geral.

Coordenador disse que o evento superou as expectativas (Foto: Francisco Carioca)

– Superou a nossa expectativa, pois ano após ano a competição vem se organizando e se estruturando. Com certeza, o ano de 2024 teremos o maior festival já realizado. São três eventos anuais realizado, onde o festival das escolas vem contra as mazelas sociais enfrentadas por essa faixa etária. No final de semana, tivemos quase 300 crianças brincando, competindo, interagindo, socializando, e além disso, gerando renda para o munícipio de Presidente Figueiredo”, explicou Mozart.

Satisfação

Como forma de incentivar e valorizar seu filho, Jair Mota, saiu da capital para acompanhar o atacante Guilherme, que jogou pela equipe do Fair Play, na categoria Sub-10. Para ele, foi um momento muito especial, mas principalmente ver muitas crianças, pais e as pessoas prestigiando o evento, muito mais valoroso do que o título conquistado pelo time.

– Para mim, o título fica em segundo plano. O que eu quero, é que Gui, se desenvolva, consiga entender que qualquer competição vai além de troféu e medalha. Com isso, ele possa entender que ganhar e perder fazem parte da vida, e que o respeito, a empatia está acima de qualquer resultado que seja. Meu filho está competindo contra crianças de outro estado e de outro município. Vale ressaltar a receptividade da coordenação e organização do evento, onde teve uma pousada de qualidade, tudo bem limpo, as refeições uma delícia, o nível dos jogos emocionantes, enfim, tudo isso. Parabéns, a toda organização – felicitou o genitor.

Coordenador

Mozart Carlos, graduado em Educação Física, ex-jogador de futebol, foi técnico das categorias de base do Fast Clube, Rio Negro e Manaus FC, além de ter trabalhado como preparador físico do Fast , no último título no profissional. O profissional é especialista em formação esportiva, com experiência em várias competições de base dentro e fora do estado, com três participações na Copa São Paulo de Futebol Júnior, além do Santa Catarina CUP, e foi comentarista esportivo Amazon Sat, na Copa Roraima. Mozart, é sócio proprietário da empresa Marca’s Gestão e Assessoria Esportiva, que gerencia a carreira de atletas, como do atacante Ronan Freitas.