SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

De volta ao Remo, técnico tem pouco tempo para a estreia na Copa SP, mas aposta na experiência do time: “Essa rodagem vai ajudar muito”

O treinador tem pouco mais de uma semana no comando do Leão Azul.

Foto: Sandro Galtran / Clube do Remo

Em sua terceira passagem, mas de volta apenas na semana passada, o novo técnico do Clube do Remo, Ailton Costa, 55 anos, tem pouco tempo ou quase nada para ajustar a equipe para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2024. A garotada do Leão Azul, está no grupo 26, com sede em Diadema, junto com Água Santa-SP, Nova Venecia-ES e Santos. O primeiro jogo da fase classificatória será com o Santos, no dia 4 de janeiro, às 19h45 (de Brasília), no Estádio Distrital do Inamar, na cidade de Diadema, no interior de São Paulo.

De acordo com o comandante do Remo, ele já conhece o grupo e aposta na experiência em outras competições da categoria, o que garante uma boa rodagem no cenário do futebol, seja regional, mas principalmente em âmbito nacional.

– A confiança é grande, porque o time está com uma certa rodagem e vão sentir bem menos a competição, principalmente, porque vamos pegar a equipe do Santos, que já disputou campeonatos bem qualificados. A gente fazendo um bom jogo contra o Santos, na sequência dos jogos, nós vamos com certeza, conseguir a classificação para o restante da Copa – explicou ao SPORTS MANAUS, mas ainda acrescentou.

– Essa rodagem vai ajudar muito, pois já disputaram a Copa São Paulo esse ano, apesar de alguns já terem saído, mas continuam os atletas que estavam com menos idade. Além disso, disputaram o Campeonato Paraense, onde foram bem nas duas competições, tanto na Copa e Supercopa, assim como na Copa do Brasil, enfim, são atletas com uma certa rodagem – completou o treinador.

LEIA MAIS: 

Com pouco mais de uma semana, o comandante do Leão volta após um tempo longe do time, o que pode atrapalhar um pouco, mas por conhecer o grupo, pode facilitar o trabalho há poucos dias da estreia na Copinha.

– Com certeza, sobre entrosamento, mas sobre o conhecimento dos atletas não. Até porque, estou desde o começo do ano com eles, onde me afastei de dois a três meses. Nós estamos tentando implantar outro sistema de jogo, já que eles jogavam em um sistema há dois anos. Como são atletas inteligentes, com certeza, vão assimilar rápido, pois vamos para a Copa São Paulo e fazer um bom trabalho – finalizou Costa

 

 

 

 

Outras postagens...

Em mais uma vitória, São Raimundo bate a Tuna Luso-PA e pega o Paysandu na semi da Copa Verde

Paulo Rogério

Imbatível! Rio Negro vence Parintins e conquista invicto o Amazonense da Série B

Paulo Rogério

Fora de casa pela Série C, atacante do Ferroviário-CE define o jogo com Manaus: “É uma decisão”

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...