SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSEFUTEBOL NACIONALSÉRIE B

Diante do favoritismo do 3B no BR feminino A2, técnica do Mixto-MT afirma: “A gente pode reverter esses números”

Foto: Gabriel Duenhas/ Mixto EC

Apesar do empate em casa e ter perdido um pênalti, o Mixto-MT não perdeu a esperança, mas continua confiante de conquistar um bom resultado diante do Instituto 3B, na partida de volta do acesso, pelo Campeonato Brasileiro feminino A2. O confronto será realizado, na tarde deste domingo, 7/7, às 15h30 (16h30 de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus.

Sabedora da campanha do time amazonense em seus domínios de forma invicto, a técnica Kethleen Azevedo, acredita que os desafios existem para ser superados. Nesse sentido, a vaga continua aberta, mesmo o Mixto jogando fora de casa.

– A gente sabe da questão do favoritismo do 3B, até pelos números que fez na competição, mas com o avançar das fases é uma competição de mata-mata, onde todo mundo começou com o placar de zero, Tenho certeza, se a minha equipe fizer uma boa partida, a gente pode reverter esses números e trazer a classificação – Salientou ao SPORTS MANAUS.

LEIA MAIS:

Confiante de que não vai cometer os mesmos erros da partida anterior, na qual deixou escapar a vitória, a treinadora disse que sempre fica uma lição, mas principalmente de lutar pela vaga.

– A gente teve oportunidade de sair com o placar a nosso favor. A gente não aproveitou, mas o que ficou de positivo foi que a equipe atuou bem e conseguiu propor o jogo. O que a gente leva para a próxima partida, é essa confiança. Sabemos que não vai ser fácil, mas a equipe pode atuar bem e construir um placar que nos seja favorável. – contou Kethleen.

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Adversário do Manauara na estreia da Série D, Vaguinho Santos e comissão deixam o Rio Branco-AC, após derrota no estadual

Paulo Rogério

Manaus FC x São Raimundo: ingresso promocional limitado a R$ 15

Paulo Rogério

“Uma viagem cansativa”, aposta técnico do Manauara para garantir a vaga na semifinal diante do Manaus

Paulo Rogério