SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Dirigente do Manaus afirma após conselho técnico da CBF: “É se manter na Série C”

Foto: Arquivo pessoal 

O Manaus já conhece seus adversários no Campeonato Brasileiro da Série C. A definição aconteceu na tarde desta segunda-feira, 2/3, por ocasião do conselho técnico com os representantes das equipes na sede da CBF. Na oportunidade, foi divulgado o calendário de jogos com total de 20 equipes, divididos em grupos A e B.

A primeira rodada será entre 2 e 3 de maio, com termino da primeira fase, no dia 20 de setembro. Se classificam os quatro melhores do grupo A e B. Depois disso, as equipes cruzam na segunda fase no grupo 1 e 2, de acordo com a classificação obtida na fase anterior do primeiro ao quarto lugar.

O presidente do Manaus, Luís Mitoso e o vice-presidente, Giovanni Alves, participaram da reunião, juntos com dirigentes das outras equipes participantes da Série C. De acordo com Giovanni Alves, a meta inicial é se manter na divisão e não voltar para Série D.

– O nosso pensamento em primeiro lugar, e a gente não tem que negar isso, com pé no chão é se manter na Série C. Depois disso, se nivelando com os demais clubes dentro da competição e lutar por uma vaga para ficar entre os quatro melhores. A competição mudou a fase decisiva, não é mais mata-mata, agora será quadrangular. Eu e o presidente Mitoso acordamos isso e votamos a favor – disse Giovanni, mas com pensamento voltado em uma vaga na fase final do campeonato.

– A gente não é favorito, tem um monte de favoritos na nossa chave, mas vamos entrar pensando em si manter e fazer um trabalho para isso. Dentro da competição, vamos buscar nossos espaços. Com um bom trabalho, com os pês no chão, fazendo as coisas certas, vamos lutar para conseguir a vaga no quadrangular. Se classificando, vamos mostrar competência e com a força da nossa torcida, tenho a absoluta certeza, vamos conseguir o acesso para Série B de 2021.

De acordo com dirigente do Gavião do Norte, com a mudança do formato na fase final da Série C, ele considera que todos tem chances do acesso, em vez de uma partida eliminatória.

– A gente entende que, para nós também vai ser três chances. Mas quando se trata de mata-mata só tem uma chance. É um tiro fora e outro em casa, além de contar com a sorte e competência também. De repente, esse quadrangular abre um leque de opções de 50% da equipe buscar a vaga para Série B. A gente está confiando no trabalho que vem fazendo, confia na nossa comissão técnica e jogadores – justificou o dirigente do Gavião do Norte.

Outras postagens...

Em estreia na Série C, técnico do Santa Cruz diz que Manaus é competitivo, mas afirma que está preparado

Paulo Rogério

Na volta pelas quartas, Nacional perde para o Manaus, mas garante vaga na semifinal do Amazonense

Paulo Rogério

Por falta de recursos, Penarol pode desistir da Série D, mas tem plano ‘B’ de jogar com uma equipe regional

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...