SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

“Está no maior crescimento do país”, elogia novo técnico do Manauara o futebol local e diz que vai avaliar os jogadores contratados

O treinador já conhece o futebol nortista, sendo comandante por duas vezes do Rio Branco-AC.

Foto: Divulgação / Veranópolis FC

Após perder Júlio César Nunes, que resolveu aceitar o convite do Joinville-SC, a diretoria do Manauara EC não perdeu tempo e anunciou oficialmente, nesta sexta-feira (18), Cristian de Souza, 45, como o novo técnico do Robô, para o Campeonato Amazonense da Série A de 2023. O gaúcho, da cidade de Quaraí, do interior do Rio Grande do Sul, foi recentemente campeão gaúcho da 3ª divisão, pela equipe do Monsoon FC.

Com duas temporadas no Rio Branco-AC, em 2017/2018, Cristian de Souza, já conhece muito bem o futebol nortista. Para ele, que vem do futebol gaúcho, agora para o amazonense, são duas escolas diferentes, mas que não vai ser uma barreira no seu trabalho.

– Eu já trabalhei por duas vezes no Rio Branco-AC, e digo que as passagens foram muito interessantes. É um futebol diferente do que a gente pratica aqui no Sul do país, um futebol mais rápido, mais intenso, mesmo jogado em temperaturas mais altas e com um clima diferente daqui. São futebol diferentes, mas rico na sua competitividade e qualidade – disse ao SPORTS MANAUS, mas já sabe que vai encontrar pela frente no estadual, com duas equipes na Série C e duas na D.

– O Campeonato Amazonense ao meu ver está no maior crescimento do país. É o que a gente tem de informações aqui no sul. Temos alguns treinadores gaúchos que estão chegando, e outros já passaram por aí. A gente sabe também do que vem sendo feito pela federação, pelo Manaus e pelo Amazonas. Hoje é um campeonato muito atrativo, interessante para a gente sair do sul do Brasil – elogiou o treinador gaúcho.

Plantel

Mesmo em casa no sul do país, o novo comandante do Robô, vai começar seu trabalho analisando a relação dos jogadores contratados. Segundo ele, é importante verificar quem são os jogadores que ele conhece de outras equipes, os desconhecidos e os que trabalharam com ele no mesmo grupo.

– Eu dei uma olhada na lista de contratados, estou com ela em mãos. Vou começar a partir deste final de semana estudar alguns jogadores, sendo que alguns eu já conheço, outros não conheço, alguns até trabalharam comigo. Nesse mundo globalizado com a internet de muitas informações é difícil não conhecer os jogadores. Isso facilita bastante, mas vou analisar as características, assim como, eu conheço também o trabalho do Júlio César, que saiu. Já enfrentei algumas vezes ele aqui no sul. Sei como ele gosta de montar suas equipes, como pensa sobre o futebol. Acredito que não vamos ter muitas dificuldades para se adaptar ao grupo – completou.

Credibilidade

Mesmo sabendo que o Manauara é uma equipe debutante no profissional, indo para sua segunda participação na elite do futebol amazonense, muitos fatores contribuíram para sua vinda mais uma vez para o futebol nortista, em especial para o Robô.

LEIA MAIS:

– O Manauara pelas informações de alguns profissionais, que passaram por aí, é um clube que paga em dia, que está se organizando, está criando infraestrutura física, tem pessoas sérias no seu comando e tem um presidente apaixonado pelo futebol, que gosta e se dedica a isso. São coisas que nos interessam, que nos criam uma perspectiva de fazer um bom trabalho, de ter um clube organizado com investimento correto, com gestão profissional. É isso que a gente busca por todo o Brasil, por isso, estou indo – finalizou, mas revelou como surgiu o convite.

– No momento em que o outro treinador saiu. O pessoal entrou em contato comigo. A gente conversou por três dias. Eu estava empregado no Monsoon, um clube novo, que a gente teve acesso de campeão da 3ª divisão gaúcha com um grupo de investidores. Nesses três dias conversei com o pessoal do clube e me liberaram. Com isso, acabei aceitando o convite do Manauara, através do Mancha, que é o executivo e do presidente Marcos – concluiu Cristian.  

 

 

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Ceaf divulga arbitragem da 1ª e 2ª rodada do estadual, com Antônio Carlos Pequeno Frutuoso como árbitro do clássico Rio-Nal

Paulo Rogério

Com futebol apático, Amazonas passa pelo Rio Negro e vence a primeira no Campeonato Amazonense

Paulo Rogério

Botafogo joga mal, mas vence Audax de virada no jogo de ida da final da Taça Rio

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...