SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Na estreia da Copa do Brasil, técnico do Camboriú-SC define o jogo com Manaus: “Tentar prevalecer esse fator casa”

Pelo Campeonato Catarinense, o Cambura vem de um empate com o Brusque, fora de casa, pela última rodada.

Foto: André Thiago

Com apenas 19 anos de fundação, o Camboriú-SC tem a chance de participar pela primeira vez da Copa do Brasil, não apenas como mero participante, mas com o sonho de chegar o mais longe possível e fazer história no futebol brasileiro. No primeiro desafio, o Cambura tem pela frente o Manaus FC, nesta quarta-feira, 1º/3, no Estádio das Nações, no Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

Com duas semanas no comando, o técnico Júnior Lopes, que assumiu recentemente o Camboriú, a exemplo do Gavião do Norte, que mudou de treinador, afirmou que jogar em seus domínios é um fator importante, mas reconheceu a qualidade do time amazonense.

– Essas situações ocorrem, e aconteceu aqui no Camboriú também essa troca de treinador. Eu assumi recentemente, estou começando um trabalho, temos muita coisa para evoluir, e logicamente o fator casa é muito importante. Sabemos que vamos enfrentar uma equipe qualificada do Manaus, apesar de ter esse problema da troca é um time qualificado, que a gente conhece um pouquinho – comentou ao SPORTS MANAUS, mas considera todo favoritismo ao time do Manaus.

– Sabemos que é uma equipe muito qualificada no Campeonato Brasileiro da Série C, que teoricamente é favorito nesse confronto contra o Camboriú, mas estamos evoluindo e começando um trabalho agora recente. Vamos jogar em casa, e sem dúvida nenhuma tentar prevalecer esse fator casa para conseguir a vitória, e consequentemente a classificação. 

De acordo com Júnior Lopes, para um time que joga sua primeira Copa do Brasil, é algo muito especial. Ele disse, que agora o foco está voltado totalmente para o jogo desta quarta, e não poderia ser diferente.

– É uma competição diferente que motiva bastante a Copa do Brasil. É a primeira participação do clube, que deseja fazer história, logicamente dentro de sua primeira participação. Vamos tentar esquecer um pouco o estadual, e tentar conseguir essa classificação na próxima fase – completou Lopes.   

 

Outras postagens...

“Vamos trabalhar para evoluir”, afirma presidente do Librade ao completar sete anos de fundação

Paulo Rogério

Tarumã promove jogadores da base para Série B do Barezão

Paulo Rogério

“O formato é prejudicial”, diz técnico do Independente-PA sobre jogo com o Fast pela Copa Verde

Paulo Rogério