SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Na estreia pelo estadual, Nacional tem três pênaltis, aproveita um e vence o JC apenas por 2 a 0

O Nacional teve três pênaltis, mas aproveitou apenas um e venceu por 2 a 0, na estreia pelo Campeonato Amazonense

Quem esperava assistir uma grande atuação, não ficou muito satisfeito com o desempenho do Nacional, mas foi o suficiente para garantir a vitória diante do JC por 2 a 0, com gols de Pedro Augusto e Caíque. O Naça com o resultado mar na tarde desta quinta-feira, no Estádio Ismael Benigno. Com o resultado, o time azulino assumiu a ponta da tabela, com três pontos marcados.

Pela segunda rodada, o Nacional joga fora de casa com o Iranduba, no domingo (30), às 15h (16h de Brasília), no Estádio Álvaro Maranhão, na cidade de Iranduba. Já o JC, tem o jogo difícil com o Cliper Clube, no domingo (30), às 15h, no Estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara.

Jogo

Com jogadores desconhecidos do futebol amazonense, o Nacional dominou completamente o JC, que teve muitos problemas para escalar seus jogadores, devido a regularização de alguns atletas. Aos três minutos, o primeiro lance de perigo foi do Naça. Marquinhos tentou o drible e sofreu o pênalti na área. Aos quatro minutos, o atacante Pedro Augusto bateu no canto esquerdo e o goleiro Cristian defendeu, e no rebote Matheus Padilha não aproveito e perdeu o gol.

Aos nove minutos, o Leão da Vila Municipal teve outra boa chance. Sempre presente no ataque, Marquinhos recebe de frente para a meta e arrisca, mas o goleiro Felipe bem colocado não dá rebote.

O Naça muito melhor em campo do que seu adversário, buscava o primeiro. Aos 18 minutos, Marquinhos passou por Douglas na área e a árbitro marca outro pênalti. Um minuto depois, novamente Pedro Augusto cobrou no mesmo canto esquerdo, mas agora sem piedade, 1 a 0.

O Naca continuava melhor com o domínio da partida. Aos 34 minutos, lançamento da zaga para Marquinhos, que passa pelo marcador, entra na área e acaba chutando em cima do goleiro Felipe da Velha Serpa.  

Aos 39 minutos, novo lance do ataque azulino. Matheus Padilha recebe uma bola e chuta no canto direito do goleiro do JC, que se estica todo e toca de ponta de dedos na bola que vai para a linha de fundo.

No final do primeiro tempo, aos 41 minutos, em uma jogada rápida, o Naça chega com Alan Patrick pela ditaria. O jogador cruza rasteiro no segundo pau para Caíque sozinho para ampliar, 2 a 0.

Segundo tempo

Logo aos três minutos, o Naca perdeu a chance de marcar o terceiro gol. Cruzamento pela direita na área e o zagueiro Odair sozinho cabeceia para fora e não marcou o que seria o terceiro gol.  

Aos 11 minutos, Douglas do JC comete uma falta em Matheus Padilha na área e o árbitro marcou pênalti. Aos 11 minutos, Matheus Dias bateu forte e a bola explodiu no travessão e não entrou.

Sem dificuldades para articular as jogadas em campo para ampliar o marcador, o Nacional ditava as normas da partida. Aos 25 minutos, Jô pega de frente para a meta, mas chutou por cima da meta do goleiro Felipe.

O Naça até que tentou ampliar o placar nos últimos momentos de jogo. Aos 44 minutos, contra-ataque veloz pela direita com Jô, que chuta forte, mas o goleiro Felipe defende e evita o gol.

Ficha técnica:

Data: 27/01/2022 – Quinta-feira

Jogo: Nacional 2×0 JC

Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina – Manaus/AM

Horário: Campeonato Amazonense da Série A – 1ª fase / 1ª rodada

Renda: —

Público pagante: —

Árbitro: Edmar Campos da Encarnação

Árbitros Assistentes: Alexandre Lira de Alexandre e

Gols: Pedro Augusto 19 min 1ºt (Nacional)

Advertências: —

Expulsão: —

Nacional: Negret, Jô, Odair, Gonçalves, Alan Patrick, Digão, Marquinhos (Carlos Henrique), Wallace Rato (Júnior), Pedro Augusto (Lopeu), Caíque (Matheus Dias) é Matheus Padilha (Manga). Técnico: Gilmar Popoca.

JC: Cristian (Niedson), Robson, Wesley, Derysson, Diogo (Josivaldo), Júlio César, Evelton (Alan), Jorge, Vinícius Cruz, Felipe. Técnico: Fernando Lage

 

 

Outras postagens...

Cruzeiro garante presença na final da Supercopa do Brasil feminina

Paulo Rogério

São Paulo vira sobre o América-MG com gol no final e se recupera da derrota na Sul-Americana

Paulo Rogério

Bélgica sofre, mas inicia Copa com triunfo de 1 a 0 sobre o Canadá

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...