Procurador do TJD vai apurar fatos sobre bate-boca na Arena e federação promete mais rigor nos estádios

249

Foto: TJD / Lissandro Windson

Após o jogo Amazonas e Penarol, pelo Campeonato Amazonense, na última quinta-feira (24/3), na arquibancada da Arena da Amazônia, dirigentes dos clubes se provocaram verbalmente e por pouco não se agrediram fisicamente. Um dia antes, a Procuradoria Geral do Futebol do TJD/AM, para evitar aglomeração de pessoas e profissionais que fazem dos clubes participantes que estão suspensos nos locais de jogos, enviou um oficio ao departamento de competições da FAF, alertando sobre esse problema.  

Responsável pelas pessoas que infringem as normas desportivas, o procurador geral do TJD, Bruno Barbosa dos Reis Glória, explicou que os fatos ocorridos na partida serão analisados e apurados para as devidas providências.

– O tribunal pode puni-los, no caso as pessoas da diretoria do Penarol e Amazonas, mas é uma série de coisas que precisam ser avaliadas, pois a procuradoria não fez uma denúncia. A atividade da procuradoria é promover a responsabilização das pessoas que infrinjam a normas desportivas. Vamos pegar os vídeos, as sumulas, as testemunhas e vamos elaborar a denúncia. nesse momento não temos todos os elementos juntos para fazer uma denúncia. Vai ser analisado, nós temos bastante prazo ainda para ver isso – explicou, mas ainda ressaltou ao SPORTS MANAUS.

– Uma das características das sanções desportivas, é sim ter o intuito pedagógico, ensinar para que isso não volte acontecer, mas nesse momento seria prematuro dizer que essas pessoas seriam punidas. A gente ainda vai analisar os elementos que temos de prova, se for o caso verificar infringência ou alguma norma desportiva. Após isso, vamos apresentar a denúncia.

Sempre presente nos estádios para acompanhar os jogos, o diretor de competições da FAF, Roberto Peggy, teve que interver no episódio entre os dirigentes dos dois clubes. Para ele, a procuradoria do tribunal vai agir nesse sentido para punir quem realmente passou dos limites.

– Em relação ao ofício do TJD, que trata sobre os dirigentes, atletas e comissão técnica suspensos que não podem permanecer no estádio, na segunda-feira, vai sair uma atualização das diretrizes técnicas operacionais do campeonato. Em relação a confusão, foi um bate-boca, não houve algo mais grave além disso. A nossa atuação foi de justamente amenizar e apaziguar os ânimos. O departamento de competições não precisou fazer a denúncia. A procuradoria do tribunal na quinta-feira (25) mesmo, entrou em contato e disse que faria tudo isso – finalizou.

 



I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.