SportsManaus
NOTÍCIAS

Semifinal de Bia Haddad é a maior audiência de um jogo feminino de tênis da história da TV paga

Da redação do Sports Manaus, com informações – Lance! – Publicada em 09/06/2023 – 21:30 – Rio de Janeiro (RJ)

Brasileira acabou derrotada pela polonesa Iga Swiatek em Roland Garros

Foto: FFT

Depois de 55 anos, uma brasileira disputou a semifinal de Roland Garros. O feito de Bia Haddad, histórico para o tênis brasileiro, entrou também para a história do sportv3. O duelo contra a polonesa Iga Swiatek, disputado na última quinta-feira, se tornou a maior audiência de um jogo feminino da história da tv paga. Se considerarmos também os jogos masculinos, este foi o melhor resultado do tênis desde 2012.

Durante a partida, mais de 1,4 milhão de pessoas passaram pelo canal, que foi líder de audiência entre todos os demais da tv paga. Foi também a maior audiência do canal desde os Jogos Olímpicos de Tóquio. O sportv3 segue mostrando o torneio de Roland Garros, assim como a ESPN. Após a derrota para Iga Swiatek, a brasileira Bia Haddad volta aos Grand Slams a partir do dia 3 de julho, na grama sagrada de Wimbledon.

Neste sábado, às 10h, a polonesa Iga Swiatek encara a tcheca Karolina Muchova pelo título entre as mulheres. Já no torneio masculino, a decisão será no domingo, também às 10h, entre Novak Djokovic e o norueguês Casper Ruud. Caso levante a taça de Roland Garros, o sérvio se tornará de forma isolada o maior vencedor de Grand Slams da história entre os homens, com 23 conquistas e ainda assumirá a liderança do ranking da ATP.

 

 

 

 

Outras postagens...

Copinha conhece todos os 16 duelos da terceira fase; veja confrontos

Paulo Rogério

Arthur Elias convoca Seleção Brasileira feminina com atletas de Corinthians, Palmeiras e Santos; veja lista

Paulo Rogério

Santos acerta contratação do técnico Thiago Carpini

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...