SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Wladimir Araújo lamenta redução salarial como motivo de sua saída do Fast Clube

Sem chegar a um acordo salarial, Wladimir Araújo, afirmou ao SPORTS MANAUS, que não acertou a continuidade do seu trabalho no Fast Clube. Em isolamento social, devido a pandemia da Covid-19, agora o ex-treinador, mesmo à distância, mantinha um contato com a diretoria do clube na montagem do grupo para disputa do Campeonato Brasileiro da Série D.

No sonho do acesso à Série C do ano que vem, o Tricolor de Aço está no grupo A-1, ao lado de Atlético-AC, Bragantino-PA, Galvez-AC, Independente-PA, Rio Branco-AC, Vilhenense-RO e o vencedor da seletiva, entre Nacional e Ji-Paraná-RO.

De Goiânia, Wladimir Araújo, sem revelar valores, lamentou não ter conseguido chegar a um acerto com o presidente do clube para dar sequência na temporada para Série D.

– Conversei com presidente hoje, mas não é a questão de pedir um valor alto. Tinha um valor que eu ganhava, mas a redução foi total no elenco como um todo. A gente sabe das dificuldades do país, mas não chegamos a um acordo com presidente nesse sentido – explicou, mas afirmou Wladimir.

– A gente entende a questão do clube com relação a pandemia na redução salarial, não chegamos a um consenso que seria bom para ambas as partes. A gente agradece a oportunidade de ter trabalhado no Fast e ao presidente pela confiança, mas a redução foi maior do que eu esperava e ficou um pouco longe da nossa pretensão – lamentou.  

Outras postagens...

Sobre a vitória no primeiro jogo das quartas, técnico do Nacional alerta: “Cada jogo tem sua história”

Paulo Rogério

Com uma atuação abaixo, Manaus empata mais uma vez em casa e não passa pelo Botafogo-PB na Série C

Paulo Rogério

Fora de casa na Série C, Manaus sofre gol no início e perde para o Paysandu por 1 a 0

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...