SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

“É um jogo que será equilibrado”, define o técnico do Náutico sobre a estreia com Manaus na Série C

A última participação do Timbu na terceira divisão foi na temporada de 2019, quando conquistou o título.

Foto: Divulgação / Náutico

Com o objetivo de retornar à Série B de 2014, o Clube Náutico Capibaribe inicia sua caminhada no Campeonato Brasileiro da Série C, com esse foco total, mas confiante no potencial do grupo para superar as dificuldades da divisão de acesso. O primeiro desafio do Timbu será diante do Manaus FC, nesta terça-feira, 2/5, às 20h30 (21h30 de Brasília), na Arena da Amazônia. É o primeiro confronto entre as duas equipes em competições nacionais.

De acordo com o técnico Dado Cavalcanti, o fato de conhecer o futebol nortista, em especial o Manaus, que já enfrentou por algumas vezes em âmbito nacional, ajuda no seu trabalho para conseguir um bom resultado fora de casa. Segundo ele, os adversários têm se reforçado muito para o Brasileirão.

– O Manaus, assim como os outros adversários, vem mudando completamente sua equipe. Acho que tem de 11 a 12 jogadores contratados, após o estadual, porém, é um clube que tem um trabalho bacana no Amazonas. Já conheci, e já enfrentei o Manaus em uma Copa do Brasil pelo Bahia e na Copa Verde. Entendo um pouco o projeto deles e da organização interna. É um clube organizado e conta hoje com alguns jogadores interessantes de muita experiência, rodados na Série B e que tiveram protagonismo maiores do que o próprio Manaus – comentou o treinador ao SPORTS MANAUS.

LEIA MAIS:

Para o comandante do Timbu, o fato do adversário ter contratado reforços para o campeonato, é um procedimento normal para buscar seus objetivos, mas também pode ter seu lado negativo, dependendo de como vai se comportar durante a competição.   

– No aspecto técnico é um jogo que será equilibrado, talvez eles vão perder um pouco mais de conjunto pelo fato de estar montando um time com o ‘pneu do carro andando’, mas na questão técnica é uma equipe que vai se equiparar muito dentro do jogo. A gente precisa ter as nossas convicções, colocar em prática a nossa ideia central para conseguir na estreia um bom resultado – completou Dado.

 

 

Outras postagens...

“A importância do jogo em casa é enorme”, ressalta técnico do Operário-PR sobre o Manaus, pela Série C

Paulo Rogério

Sob forte calor, Amazonas FC empata com Ypiranga-RS e perde a chance de retomar a liderança da Série C

Paulo Rogério

Jogando em casa, Treze-PB busca a vitória diante do Manaus para se aproximar do G4 na Série C

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...