SportsManaus
NOTÍCIAS

Em nota, Botafogo afirma que chegou a acordo para resolver dívidas históricas

Da redação do Sports Manaus, com informações – LANCE! – 17/03/2023 – 19:45 – Rio de Janeiro (RJ)

Glorioso anuncia na noite desta sexta-feira (17) que tem nova proposta para um consenso com representantes com credores trabalhistas e o Sindeclubes 

Foto: Vítor Silva/Botafogo

Botafogo anunciou na noite desta sexta-feira (17) a chegada a um consenso com representantes dos credores trabalhistas e com o Sindicato dos Clubes (Sindeclubes) em relação às bases de uma nova proposta para encaminhar as dívidas trabalhistas. A proposta será apresentada na próxima semana.

De acordo com o Alvinegro, as negociações foram conduzidas pelo diretor geral da SAF, Thairo Arruda, pelo diretor da Eagle Holding, Danilo Caixeiro, e pelo “head” jurídico geral da SAF, Jonas Marmello, com os seguintes advogados representantes da comissão de credores: Leonardo Laporta, Bichara Neto, Carlos Moutinho e Theotonio Chermont. Henrique Fragoso representou o Sindicato dos Empregados em Clubes (Sindeclubes).

De acordo com o Alvinegro, a proposta feita “será benéfica para ambas as partes, sendo facultado o deságio aos credores”. Há previsão de outros mecanismos para quitar o passivo do clube, tais como aportes extraordinários.

 

O novo formato, segundo o Botafogo, “concederá maior previsiblidade aos credores quanto aos pagamentos e garantirá a tão esperada eficiência no tratamento do passivo histórico do clube, além de servir de benchmark para outras SAFs que estão surgindo no futebol brasileiro”.

A nova proposta do Glorioso passará por uma análise da Justiça do Trabalho e ainda precisa do deferimento e da homologação para continuar. As partes estão otimistas por resolver o passivo trabalhista histórico. 

O diretor geral da SAF foi categórico sobre como esta negociação é relevante para o Botafogo seguir seu planejamento.

– Esse histórico acordo traz de volta a viabilidade financeira da SAF e conforto aos credores e Clube Social. Gostaria de agradecer a todos os representantes dos credores pelo profissionalismo nas negociações e de reafirmar o compromisso do acionista majoritário John Textor com o Botafogo na quitação das dívidas do Clube Social – destacou Thairo Arruda.

O “head” jurídico da SAF, Jonas Marmello, também valorizou a maneira como todos tentaram entrar em um consenso.

– As negociações junto à Comissão de Credores e ao Sindicato demonstram a intenção do Botafogo em contribuir para o ecossistema do futebol e para o aperfeiçoamento da Lei da SAF. Confiamos no trabalho do Poder Judiciário e de todos os juristas para promover decisões que contemplem o interesse de todas as partes, com eficácia e celeridade, e firmem um marco para as SAFs.

Veja o comunicado na íntegra

O Botafogo, representantes dos credores trabalhistas e o Sindicato dos Clubes (Sindeclubes) chegaram a um consenso nesta sexta-feira (17) sobre as bases de uma nova proposta de encaminhamento das dívidas trabalhistas, que será apresentada à Justiça do Trabalho na próxima semana.

As negociações foram conduzidas pelo Diretor Geral da SAF Thairo Arruda, pelo Diretor da Eagle Holding Danilo Caixeiro e pelo Head Jurídico Geral da SAF Jonas Marmello com os seguintes advogados representantes da comissão de credores: Leonardo Laporta, Bichara Neto, Carlos Moutinho e Theotonio Chermont. Henrique Fragoso representou o Sindicato dos Empregados em Clubes (Sindeclubes).

A nova proposta de acordo será benéfica para ambas as partes, sendo facultado o deságio aos credores. Estão previstos outros mecanismos para aceleração da quitação do passivo, tais como a possibilidade de aportes extraodinários. O novo formato concederá maior previsiblidade aos credores quanto aos pagamentos e garantirá a tão esperada eficiência no tratamento do passivo histórico do clube, além de servir de benchmark para outras SAFs que estão surgindo no futebol brasileiro.

A proposta será submetida a análise da Justiça do Trabalho, na próxima semana, e dependerá de deferimento e homologação. O Botafogo, credores e o Sindeclubes estão confiantes que a proposta será eficaz para resolver o passivo trabalhista histórico.

“Esse histórico acordo traz de volta a viabilidade financeira da SAF e conforto aos credores e Clube Social. Gostaria de agradecer a todos os representantes dos credores pelo profissionalismo nas negociações e de reafirmar o compromisso do acionista majoritário John Textor com o Botafogo na quitação das dívidas do Clube Social”, destacou o Diretor Geral da SAF Thairo Arruda.

“As negociações junto à Comissão de Credores e ao Sindicato demonstram a intenção do Botafogo em contribuir para o ecossistema do futebol e para o aperfeiçoamento da Lei da SAF. Confiamos no trabalho do Poder Judiciário e de todos os juristas para promover decisões que contemplem o interesse de todas as partes, com eficácia e celeridade, e firmem um marco para as SAFs”, complementou o Head Jurídico Geral da SAF Jonas Marmello.

 
 
 
 
 

Outras postagens...

Cruzeiro anuncia demissão do treinador Pepa

Paulo Rogério

Brasil joga mal e perde para Marrocos sob gritos de olé no 1º amistoso após a Copa do Mundo

Paulo Rogério

Após revés, São Paulo busca reabilitação na Champions das Américas

Paulo Rogério

Leave a Comment