SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Pelo Brasileiro Feminino A3 em casa, técnico do Remo afirma ter melhor campanha do Recanta e diz: “Vamos fazer o placar aqui”

As Leoas vêm de jogos difíceis, mas com resultados bem expressivos.

Foto: Sandro Galtran / Remo

Faltando pouco para concretizar o fechamento de todo trabalho na temporada em busca do acesso, o Remo entra em campo para jogar todas as suas chances da vaga, no primeiro jogo da terceira fase do Campeonato Brasileiro Feminino A3. Em casa, as Leoas enfrentam o Recanto da Criança-AM, neste sábado, 20/5, às 15h (de Brasília), no Estádio Baenão, em Belém. A partida de volta que decide a vaga, será no sábado, 27/5, às 15h (16h de Brasília), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, na capital amazonense.

O técnico do Remo, afirmou que será um jogo de duas grandes equipes, que investiram muito para o campeonato e quem passar tem boas chances de conquistar o título. Para ele, entretanto, questiona a campanha do time amazonense, que enfrentou equipes sem muita expressividade.

– Tive acompanhando os jogos do Recanto. Na primeira fase, pegou o Tarumã, que foi a quarta equipe colocada no Campeonato Amazonense do ano passado, e deu duas goleadas. O Tarumã é um projeto, não é uma equipe que poderia fazer frente. Na segunda fase, foi o Assermurb-AC, um time de terceiro nível do cenário nacional. Não houve um embate mesmo para o Recanto – comentou, mas ainda destacou ao SPORTS MANAUS.

– Já o Remo pegou o Ypiranga-AP, que ano passado desclassificou a gente e fez um investimento muito forte, mas não conquistou a vaga. Na segunda fase, pegamos o IAPE, campeão maranhense, que tem um investimento muito forte por um empresário. Foi um confronto muito duro no Baenão, e decidimos a vaga em um jogo épico fora – citou.

LEIA MAIS:

Para o treinador das Leoas, até agora na Série A3, o time tem superado as dificuldades e muito mais ainda as adversidades dentro e fora de campo.

– Passamos por quatro jogos muito duros. Creio, que criamos uma evolução técnica e coletiva. Temos uma particularidade também, pois estamos decidindo a vaga na casa do adversário. Foi assim com o Ypiranga e o IAPE. Agora a terceira fase acontece . Vamos fazer o placar aqui para construir uma boa vitória para o jogo em Manaus administrarmos uma vantagem. Se Deus quiser, construir também aqui em Belém para consolidar nossa classificação – salientou Nunes.

 

 

 

Outras postagens...

“Não podemos vacilar”, alerta o técnico do Parnahyba-PI sobre o Nacional-AM no jogo de volta da Série D

Paulo Rogério

“Estou credenciado”, afirma presidente do Manaus sobre candidatura às eleições da FAF

Paulo Rogério

Com dois de cabeça, Amazonas vence de virada o Nacional na abertura do estadual de 2020

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...