SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Pelo returno do grupo, técnico do São Raimundo-RR espera outro jogo com Penarol pela Série D

Invicto na Série D, o São Raimundo inicia o returno no grupo diante do Penarol, e espera repetir o mesmo resultado da rodada anterior

Foto: Hélio Garcia / São Raimundo-RR

Com um bom retrospecto de três vitórias e um empate fora de casa, o São Raimundo-RR, segundo colocado, com 15 pontos, inicia o segundo returno no grupo A1 do Campeonato Brasileiro da Série D, jogando diante do Penarol-AM, no domingo, 25/7, às 15h (16h de Brasília), no Estádio Floro de Mendonça, na cidade de Itacoatiara (a 276 km da capital). Na partida da rodada anterior, o Mundão venceu o Penarol por 2 a 1, em seus domínios, em Boa Vista.

Ciente de que o returno dentro do grupo é decisivo e vai definir os classificados para a próxima fase, o técnico Chico Viana, afirmou que a meta é manter a regularidade, mas principalmente explorar as circunstâncias da partida, ou seja, a necessidade do Leão da Velha Serpa de precisar da vitória em casa.

– Nós temos realizados muitos jogos fora de casa, isso nos dá mais tranquilidade. Sabemos que vai ser um jogo adverso, onde o desespero vai estar batendo na porta do adversário, porque eles tem que pontuar e vão sair para jogar. Isso vai causar desconforto, e quando acontecer, a gente vai tirar proveito para utilizar mais as nossas virtudes, ou seja, sair de lá pontuando – comentou ao SPORTS MANAUS

Apesar da vitória no último final de semana, o comandante do Mundão espera uma postura tática diferente do time amazonense, mesmo conhecendo melhor o adversário. Para ele, em razão da posição na tabela e pelo fato de jogar em casa precisando dos três pontos, espera tudo diferente. 

– Na verdade, ajuda de certa forma, mas nem tanto. Aqui eles jogaram com três zagueiros, e um volante jogando de lateral-esquerdo e muito atrás. Nós sabemos que isso não vai ser assim lá em Itacoatiara. Eles vão ter que se atirar mais um pouco e isso muda, em relação ao que foi o jogo em casa. Agora, a característica individual de cada jogador ajuda sim no meu trabalho, mas vai ser um jogo muito difícil, complicado, assim como são todos fora de casa – alertou o treinador, mas ainda ressaltou.

– A tendência nossa é crescermos, mas vamos ter cinco jogos no Estádio Canarinho, onde no primeiro turno foi o contrário, jogamos fora. A gente acredita muito nessa força que exercemos em casa. Isso vai nos ajudar bastante, mas vamos buscar sempre pontuar fora e aqui no Canarinho temos que fazer os pontos. Esses dois jogos fora do Amazonas vamos buscar a pontuação – finalizou Chico.  

 

Outras postagens...

Pelo BR Feminino, apesar da boa campanha, técnica do Bragantino alerta sobre o JC-AM: “Será um grande jogo”

Paulo Rogério

Fora de casa na Série C, Manaus sofre gol no início e perde para o Paysandu por 1 a 0

Paulo Rogério

Com público decepcionante, falha do goleiro e péssima atuação, Amazonas perde para o Sport, na estreia no Brasileiro da Série B

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...