SportsManaus
COPA DO BRASILFUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

São Paulo bate Sport nos pênaltis e vai às quartas de final da Copa do Brasil

Da redação do Sports Manaus, com informações da GAZETA ESPORTIVA – Marcelo Baseggio – São Paulo, SP – 01/06/23 | 21:48 – 01/06/23 | 22:17

Foto: Divulgação / São Paulo

O São Paulo suou, mas avançou às quartas de final da Copa do Brasil nesta quinta-feira ao levar a melhor sobre o Sport nos pênaltis, por 5 a 3, depois de ser derrotado no tempo regulamentar por 3 a 1, de virada. Michel Araújo abriu o placar para o Tricolor. Alisson Cassiano e Sabino (2) balançaram as redes para o Leão.

Com o resultado, o São Paulo perdeu uma invencibilidade de 11 jogos sob o comando de Dorival Júnior, mas ao menos conseguiu cumprir a missão de avançar na Copa do Brasil, algo que não parecia ser um grande desafio após vencer o jogo de ida, no Recife, por 2 a 0, o que acabou não se confirmando.

Agora o São Paulo aguarda a realização do sorteio, com data e horário ainda a serem definidos, para descobrir quem será seu adversário na próxima fase da Copa do Brasil, que tem como data base os dias 5 e 12 de julho.

O São Paulo volta a entrar em campo no próximo domingo, quando visita o Grêmio, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro. Já o Sport vai encarar o Londrina, também fora de casa, pela Série B do Brasileirão.

São Paulo domina, mas Sport reage

O São Paulo começou ligado. Logo aos dois minutos de jogo o time comandado por Dorival Júnior assustou o adversário com chute venenoso de Caio Paulista, obrigando Renan a fazer boa defesa. Mais tarde foi a vez de Alisson obrigar o goleiro do Sport a trabalhar, cabeceando à queima-roupa, mas novamente o arqueiro rubro-negro espalmou.

Renan realmente estava em noite iluminada. Aos 23 minutos, Calleri fez linda jogada, deixando o zagueiro no chão, levando para o meio e batendo firme, mas também parou no goleiro do Sport. Mas, três minutos depois, não teve jeito. Luciano tabelou com Miche Araújo, que deu um corte desconcertante no marcador antes de tocar por cima do arqueiro rival e abrir o placar para o São Paulo no Morumbi com um verdadeiro golaço.

Porém, quando todos imaginavam que o São Paulo iria para o vestiário com uma vantagem ainda maior no confronto, o Sport reagiu. Aos 44 minutos, Diego Costa rebateu a cobrança de escanteio para trás, e Felipinho aproveitou a sobra chutando de primeira, no cantinho. O goleiro Rafael até fez a defesa, mas, no rebote, Alisson Cassiano apareceu sozinho para completar para o fundo das redes e deixar tudo igual no Morumbi.

Sport vira o jogo

Animado pelo empate nos minutos finais do primeiro tempo, o Sport iniciou a etapa complementar com tudo. Logo aos cinco minutos os visitantes quase viraram a partida em cobrança de falta de Luciano Juba, batendo por cima da barreira e obrigando Rafael a fazer boa defesa. Mas, logo na sequência, o São Paulo acabou sofrendo o segundo gol. Sabino apareceu no primeiro pau para completar de cabeça a cobrança de escanteio, estufando as redes no Morumbi e recolocando o Leão no páreo.

Dorival promove mudanças no time

Precisando reagir, Dorival Júnior decidiu promover as entradas de Wellington Rato, Marcos Paulo e Arboleda nas vagas de Gabriel Neves, Luciano e Diego Costa, respectivamente. Com “sangue novo”, o São Paulo tentou pressionar o Sport e quase empatou com Michel Araújo, que recebeu boa enfiada de bola, invadiu a área e bateu rasteiro, para fora.

São Paulo recua e sofre o 3º gol

Mas, daí em diante o São Paulo não ameaçou mais o Sport, que, por sua vez, passou a dominar o jogo em busca de mais um gol para levar a decisão para os pênaltis. Ciente disso, o Tricolor adotou uma postura mais conservadora, tentando não correr riscos, mas, na prática, chamando o adversário para o seu campo. E foi justamente assim que o Leão conseguiu o terceiro gol, já aos 49 minutos do segundo tempo, novamente com Sabino completando de cabeça cobrança de escanteio e levando a decisão para os pênaltis.

Pênaltis

São Paulo
Wellington Rato: gol
Beraldo: gol
Calleri: gol
Rafinha: gol
Pablo Maia: gol

Sport
Sabino: gol
Luciano Juba: Rafael defendeu
Alisson: Cassiano: gol
Rafael Thyere: gol

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 (5) X (3) 3 SPORT

Local: Morumbi, em São Paulo
Data: 1 de junho de 2023, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento de Magalhães (FIFA-RJ)
Assistentes: Luanderson Lima dos Santos (FIFA-BA) e Thiago Henrique Farinha (RJ)
VAR: Igor Benevenuto de Oliveira (VAR FIFA-MG)
Público: 49.752 torcedores
Renda: R$ 2.494.311,00

Gols: Michel Araújo, aos 26 do 1ºT (São Paulo); Alisson Cassiano, aos 44 do 1ºT, e Sabino, aos 7 e aos 49 do 2ºT (Sport)
Cartões amarelos: Rafael Thyere (Sport)

SÃO PAULO: Rafael; Rafinha, Diego Costa (Arboleda), Beraldo e Caio Paulista; Pablo Maia, Gabriel Neves (Wellington Rato) e Michel Araújo (David); Alisson (Jhegson Méndez), Luciano (Marcos Paulo) e Calleri.
Técnico: Dorival Júnior.

SPORT: Renan; Eduardo (Kayke), Sabino, Rafael Thyere e Felipinho; Alisson Cassiano, Ronaldo Henrique (João Igor) e Fábio Matheus; Luciano Juba, Jorginho (Gabriel Santos) e Fabrício Daniel (Edinho).
Técnico: Enderson Moreira.

 

 

 

Outras postagens...

Manaus vence a primeira fora, volta a superar o Santa Cruz e segue na luta por vaga pela Série C

Paulo Rogério

Com dois jogos em cada categoria, Sul América vence no Sub-10 e empata no Sub-8, pelo Campeonato Amazonense de base

Paulo Rogério

Ponte Preta estreia na Copa do Brasil com goleada sobre o Fluminense-PI

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...