SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Com estreia pela Série D diante do Fast em casa, técnico do Galvez-AC afirma único objetivo: “Somar os três pontos”

Depois da conquista pela primeira vez do Campeonato Acriano, o Galvez EC, agora busca sua ascensão no cenário nacional e foca suas atenções para a disputa do Brasileiro da Série D. O primeiro desafio no grupo A1, será diante do Fast Clube, no domingo, 20/9, às 19h, na Arena da Floresta, em Rio Branco. Ano passado, o Imperador não passou da primeira fase, ficando em terceiro lugar, com apenas seis pontos.

De Rio Branco, em sua terceira temporada no comando do Galvez, Zé Marco, ressaltou ao SPORTS MANAUS, que estrear em casa é primordial conquistar uma vitória, principalmente para quem pensa em classificação no futuro. Segundo ele, não será nada fácil, mas a equipe está preparada.

– As equipes que almejam uma classificação não podem nem pensar em perder pontos em casa, porque isso nos obriga a somar pontos fora, sendo muito mais difícil. Nosso pensamento é exatamente de somar os três pontos, e não importa de que maneira, ou seja, jogando bem e vencendo será ótimo ou jogando mal e vencendo também será ótimo – explicou, mas afirmou que a conquista do estadual deu um ânimo a mais para o grupo.

– Sem dúvida, o título regional nos motiva ainda mais para seguir trabalhando. A gente sabe como é difícil chegar, ser campeão, mas alcançamos esse objetivo. Tudo isso, não é especialmente contra o Fast, mas para a competição como um todo. Temos o objetivo de fazer uma boa campanha, e o ponta pé inicial é domingo. Esperamos fazer um grande jogo e quem sabe encaminhar a primeira vitória no Brasileirão – disse.

Mesmo jogando em casa, Zé Marco admitiu que tem alguns problemas, mas afirmou que o time amazonense vem bem competitiva, pois investiu e contratou jogadores para reforçar o elenco na Série D.

– A gente tem procurado tirar algumas informações. O Fast já tinha uma equipe competitiva no estadual, fez algumas contratações pontuais para fortalecer o nível no Brasileirão. Sem dúvida, será um adversário que vai impor muita dificuldade. Temos que fazer um jogo de superação. Na sequência da Série D teremos alguns reforços que, vai dar uma encorpada, qualificar ainda mais o elenco para que possamos brigar por uma classificação – contou, e lembrou como foi prejudicial o longo tempo sem jogar.

– Claro que ficar muito tempo parado e retornar apenas com os treinos não é a mesma coisa de estar jogando. Tem uma coisa no futebol que se chama superação e qualidade. São fatores que podem ser predominantes na partida, independente do ritmo de jogo. Em cima disso que, estamos trabalhando para nos precaver em relação ao longo tempo parado, mas procurando dar a dinâmica necessária para vencermos o jogo – finalizou Zé Marco.

Outras postagens...

Depois da goleada, técnico do Pinheirense-PA quer a vitória diante do Iranduba no Brasileiro Feminino Sub-18

Paulo Rogério

Manaus passa pelo Tombense-MG, vence a terceira em casa e assume a liderança do grupo na Série C

Paulo Rogério

Sobre a reclamação do Paysandu-PA, dirigente do Manaus afirma que já foi muito mais prejudicado pela arbitragem

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...