SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Com gols no segundo tempo, Nacional e Princesa empatem e seguem invictos no Campeonato Amazonense

Foto: Agência Sports Manaus

Com dois gols no início do segundo tempo, em que o Nacional abriu o marcador e o Princesa do Solimões empatou na sequência em 1 a 1, o placar não foi bom para ambos os lados, na abertura da terceira rodada do Campeonato Amazonense da Série A. O confronto aconteceu na tarde deste sábado (27), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade. O gol do Naça foi marcado por Rogério de pênalti, e em seguida, Jonas empatou para o Tubarão do Norte.

Classificação

No terceiro empate consecutivo, o Nacional fica em segundo lugar, no grupo A, com três pontos. Já o Princesa, invicto com dois empates e uma vitória, também ocupa o segundo lugar, no Grupo B, mas com cinco pontos.

Rodada

Pela quarta rodada, com o intervalo de uma semana, o Nacional ganha fôlego e joga com o Parintins FC, no domingo, 4/2, às 15h30 (16h de Brasília), no Estádio da Colina. Em casa, o Princesa encara o Manaus FC, no sábado, 3/2, às 16h (17h de Brasília), no Estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, na cidade de Manacapuru (a 68 km da cidade). 

Jogo

Até aos 14 minutos, a partida começou igual de ambos os lados. O Nacional procurava chegar no ataque, mas não conseguia entrar na zaga do Princesa do Solimões, que por sua vez, um pouco mais recuado, saia com Jonas pela direita com perigo.

Aos 21 minutos, o Tubarão do Norte marcou presença na área. Tiro de canto pela direita por Christopher para Willian Daltro, que chutou no canto esquerdo do goleiro Robson, mas seguida de uma boa defesa.

O Naça deu uma pressão em cima do Tubarão. Aos 30 minutos, pela esquerda, Cássio bateu cruzado no canto esquerdo do goleiro Jonathan Braz, que apenas ficou torcendo com o olhar para a bola sair pela linha de fundo.

Aos 37 minutos, contra-ataque do Leão da Vila Municipal pela esquerda com Cássio. O jogador chutou, mas na sobra Peterson de frente para a meta bateu forte, mas o goleiro do Princesa defendeu.

Segundo tempo

Logo no começo do segundo tempo, o Leão abriu o placar. Aos cinco minutos, Willian Salvino tentou uma jogada na grande área e foi derrubado. O árbitro Ivan da Silva Guimarães Júnior marcou pênalti. Um minuto depois, Rogério bateu no canto direito para marcar, 1 a 0.

Não demorou muito e o Princesa empatou. Aos 12 minutos, pela direita, Hítalo cruza na área e Jonas de cabeça balança as redes e sem chances para o goleiro do Naça, 1 a 1. 

Com o gol marcado, o Tubarão se motivou e partiu em busca da vitória. Aos 22 minutos, Hítalo cobrou uma falta com perigo no canto esquerdo, mas o goleiro do Naça fechou o gol e defendeu.  

Aos 24 minutos, pela esquerda, em jogada do Naça na grande área, Igor Quadrado de frente para a meta bateu por cima do goleiro Jonathan Braz.  

O Naca também colocou pressão em cima do Tubarão. Aos 33 minutos, pela direita, Quadrado cruzou na área, Ceará dominou e chutou forte, mas o goleiro do Princesa fez uma grande defesa e evitou o gol do Leão.  

No apagar das luzes, aos 51 minutos, o Nacional puxou um contra-ataque pela esquerda com uma bola para Rogério na área. O jogador soltou um balaço, mas o Jonathan Braz novamente fechou a meta do Tubarão.  

Ficha técnica:

Data: 27/01/2024 – sábado

Motivo: Campeonato Amazonense da Série A – 1ª fase / 3ª rodada

Jogo: Nacional FC 1×1 Princesa do Solimões

Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina – Manaus/AM

Horário: 15h30 (16h30 de Brasília)

Renda:

Público pagante:

Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Júnior

Árbitros Assistentes: Uesclei Regison Pereira dos Santos e Jeová Rodrigues dos Santos

Gols: Rogério 7min 2ºt pênalti (Nacional FC) e Jonas 12min 2ºt (Princesa do Solimões)

Advertências: Cássio e Denilson (Nacional FC) e Koffi e Paulão (Princesa do Solimões)

Expulsão: Cássio (Nacional FC) e Koffi (Princesa do Solimões)

Nacional FC: Robson (Tom), Marcão, Ivanzinho, Renilson, Cássio, Peterson (Esdras), Denilson (Igor Quadrado), Raimundinho, Rogério, Vitinho (Ceará) e Willian Salvino (Patrickão). Técnico: Marcelo Vilar.

Princesa do Solimões: Jonathan Braz, Iury Marley, Paulão, Rodolfo, João Victor, Koffi (Lucas Góes), Jonas (Luís Guilherme), William Daltro, Christopher (Luquinhas), Warlei e Hítalo. Técnico: João Carlos Cavalo.

 

 

 

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Sobre a eleição na FAF, vice-presidente se reúne com advogados e afirma: “Propor um recurso e quem sabe até a justiça decretar a intervenção”

Paulo Rogério

Em sua primeira participação no BR feminino A3 e adversário do Tarumã-AM, técnica do Rio Negro-RR confessa: “A competição em si tem muita visibilidade”

Paulo Rogério

Em desvantagem e jogando fora, técnico do Sport acredita na vaga diante do Fluminense, no jogo de volta da Copa do Brasil Sub-17

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...