SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Invicto em casa, técnico do Novorizontino-SP diz que o time está preparado para o jogo do acesso com o Fast

Foto: Maria Paula Laguna/ Assessoria Novorizontino

Ficando pelo caminho nas oitavas de final em 2019 e na 3ª fase em 2018, após vencer o Fast Clube-AM fora de casa e abrir uma vantagem significativa para a partida de volta, o Novorizontino-SP está a um passo de conquistar a tão sonhada vaga à Série C do Campeonato Brasileiro deste ano. O Tigre do Vale volta a jogar com o Fast Clube pelas quartas de final da Série D, neste domingo, 10/1, às 15h (16h de Brasília), no Estádio Jorge de Biasi, na cidade de Novo Horizonte, em São Paulo.

No interior da capital paulista, na expectativa do compromisso que define a subida de divisão, com nove jogos em casa invictos e apenas um gol sofrido, o técnico Roberto Fonseca, considera dados importantes, mas afirmou que tudo será decidido em campo.

– Sempre falo que retrospecto é bom para ter números. É importante, dar uma moral, mas cada partida é uma situação diferente. Nós cansamos de quebrar outros paradigmas, outros tabus positivos e negativos, enfim, nós sabemos que será uma partida exclusivamente decisiva e nos preparamos para isso – comentou, mas disse.

– O Fast não tinha perdido, se não me engano nessa fase decisiva dentro de casa, mas nós conseguimos o resultado positivo. Foi importante, assim como, será para nós aqui. Cada jogo tem seu histórico particular, cada jogo é narrado uma história diferente, mas tenho certeza, que esse também será dessa maneira – contou ao SPORTS MANAUS.

Considerado o jogo mais importante da Série D até agora, o comandante do Tigre, afirmou que o time fez por merecer para chegar até agora na competição, inclusive superando as circunstâncias de outras partidas em casa.

– Não tenha dúvida, é a partida decisiva que define uma situação. Nós já tivemos cinco partidas decisivas que realmente fizeram a diferença, sendo quatro do mata-mata anteriormente, uma de 90 minutos com o Fast e agora esse último é o derradeiro. Já tivemos jogos aqui em desvantagem, ou seja, precisando virar, já houve empate, e a gente precisava ganhar para não ir para os pênaltis e agora uma partida diferente, onde temos também de fazer um resultado para ter uma tranquilidade ao término da partida para saber administrar – lembrou, mas afirmou que conta com um elenco bem concentrado e focado, sem pensar muita na expectativa que envolve a partida.

– Nós temos jogadores experientes claro, sendo alguns mais novos, mas todos eles estão acostumados com decisões de importância grande no cenário nacional. Acredito sim, é uma partida extremamente decisiva, claro que bate aquela ansiedade, mas temos que administrar isso com bastante trabalho e também cada um falando, incentivando, e assim vai ser até a hora da partida – reiterou Roberto Fonseca.

 

Outras postagens...

Manaus vence Santos-AP, fica em primeiro e enfrenta Real Desportivo-RO na segunda fase da Série D

Paulo Rogério

Técnico do Fast afirma que erros do jogo anterior não podem se repetir contra o Independente-PA

Paulo Rogério

Pela Série C, Manaus sofre dois gols, busca o empate, mas no final perde para o Altos-PI

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...