SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Manaus cria chances, reclama de um lance duvidoso, mas no final perde para o Remo na Série C

Foto: Samara Miranda/ Remo

Mesmo jogando bem fora de casa e com um lance duvidoso não marcado pelo árbitro, o Manaus não conseguiu segurar o Remo e perdeu por 1 a 0, pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. O resultado deixou o Gavião do Norte, na sétima colocação, com oito pontos e muito próximo da zona da degola. O jogo ocorreu na noite deste domingo, 27/9, no Estádio do Mangueirão, em Belém.

Pela 9ª rodada, o Manaus precisa da vitória e pega o último colocado, o Imperatriz-MA, no sábado, 3/10, às 16h (17h de Brasília), na Arena da Amazônia, na capital amazonense. Já o Remo, entrou no G4 e faz o clássico com o Paysandu, no sábado, às 18h (19h de Brasília), no Mangueirão.

Jogo

Precisando do resultado positivo, mesmo fora de casa, o Manaus começou ousado. Aos seis minutos, Janeudo de longe bate forte e a bola passa perto da meta do goleiro do Remo. Um minutos depois, o Gavião do Norte, aproveitou um vacilo do adversário e Janeudo toca para Rodrigo Fumaça, mas o goleiro chega primeiro e evita o lance perigoso.

O Manaus se comportava melhor em campo. Aos nove minutos, pela direita Rodrigo Fumaça cruza na grande área e Paulinho cabeceia por cima do gol do Remo.

O Leão Azul tentou algumas jogadas, mas quando chegou ao ataque quase marcou o primeiro gol. Aos 11 minutos, Marlon cobra lateral para Eduardo Ramos na área, a bola bate no travessão e não entra.

Aos 20 minutos, o Remo cria outra oportunidade. Tabela entre Hélio com Eduardo Ramos, que retorna a bola para o jogador, mas não aproveitou e chutou sem perigo. Na sequência, nova chance perdida pelo Remo de marcar. Ricardo Cruz toca rasteiro na grande área e Eduardo Ramos chuta e a bola quase entra.

O Remo mudou o panorama da partida e começou a pressionar mais. Aos 26 minutos, Tcharlles recebe na grande área, consegue se livrar da zaga e bate no canto esquerdo, mas Jonathan faz a defesa.

Aos 46 minutos, um lance poderia mudar o placar do primeiro tempo. Depois de uma bola lançada na grande área, a bola é desviada no braço de Rafael Jansen, mas o árbitro interpreta como lance involuntário, apesar da reclamação do Manaus.

Mal começou o segundo tempo e o Remo quase abriu o placar. Aos três minutos, Tcharlles bate forte e a bola desvia na zaga, mas Eduardo Ramos e Ermel não esperavam a sobra e perdem a chance de frente para o goleiro Jonathan.

Aos 10 minutos, o Remo chegou de novo. Ricardo Luz abre na direita para Ermel, que cruza e Tcharlles se estica todo, mas não consegue tocar na bola para marcar. Um minuto depois, bola na grande área e Luís Fernando tenta tirar a bola e quase marcar contra a meta do Gavião.

Depois do susto, o Manaus deu o troco. Aos 15 minutos, Janeudo de frente para o gol bate forte e a bola passa perto da meta e quase entra.  

O Remo coloca pressão em campo. Aos 31 minutos, pela direita Warley tenta a jogada, mas o zagueiro Thiago Spice consegue tirar o sufoco da grande área.

Depois de tanto pressionar, o Leão Azul chega ao seu primeiro gol. Aos 35 minutos, Marlon cobra falta pela esquerda e Wallace de cabeça toca para abrir o marcador, 1 a 0.

Já nos descontos, aos 47 minutos, pela esquerda Wallace entra na grande área, passa pelo seu zagueiro e chuta forte, mas Jonathan evita o segundo gol.

Ficha técnica:

Jogo: Remo 1×0 Manaus

Motivo: Campeonato Brasileiro da Série C – 1ª fase / 8ª rodada

Local: Estádio Mangueirão – Belém-PA

Horário: 17h (18h de Brasília)

Público: —

Renda: —

Árbitro: Tiago Nascimento dos Santos (PE)

Árbitros Assistentes: Ricardo Bezerra Chianca (PE) e Bruno Cesar Chaves Vieira (PE)

Gol: Wallace 35min 2ºt (Remo)

Advertências: Marlon (Remo) e Patrick, Matheuzinho e Thiago Spice (Manaus)

Expulsão: Luizinho (Manaus)

Remo: Vinicius, Ricardo Luz (Warley), Fredson, Rafael Jansen, Marlon, Charles, Lucas Siqueira, Carlos Alberto, Eduardo Ramos (Wallace), Hélio (Ermel) e Tcharlles. Técnico: Paulo Bonamigo.

Manaus: Jonathan, Edvan, Luís Fernando, Thiago Spice, Patrick (Rennan), Derlan (Hamilton), Janeudo, Gabriel Davis, Jandy (Matheuzinho), Rodrigo Fumaça e Paulinho (Luizinho). Técnico: Luizinho Lopes.

Outras postagens...

Librade vence Tabosão na primeira semi e garante vantagem na volta pela vaga na final do Amazonense Sub-20

Paulo Rogério

Técnico do Real Desportivo-RO acredita que ficou mais difícil a vaga no jogo com Manaus pela Série D

Paulo Rogério

Pela Série D, Derlan diz que conhece o Fast e quer repetir o mesmo acesso pelo Manaus, agora no Moto Club

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...