SportsManaus
COPA DO BRASILFUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

Na primeira semi com Fluminense pela Copa do Brasil Sub-20, técnico do Cruzeiro alerta: “É importante não perder o jogo de ida”

Na temporada de 2019, a Raposa encarou o Flamengo na semifinal da competição e conquistou sua vaga na decisão.

Foto: Staff Images / Cruzeiro

Tendo pela frente mais uma vez um time carioca, o Cruzeiro entra em campo para encarar seu novo desafio na Copa do Brasil Sub-20 para chegar na grande final, a exemplo da temporada de 2019. Na primeira partida, a garotada da Raposa pega o Fluminense, neste domingo, 1º/10, às 18h30 (de Brasília), no Estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro. O jogo de volta, será na segunda-feira, 9/10, às 17h30 (de Brasília), na Arena do Jacaré, na cidade de Sete Lagoas, em Minas Gerais.

De Belo Horizonte, no primeiro compromisso fora de casa, o técnico do Cruzeiro, Fernando Seabra, afirmou que o importante é não sair com um resultado negativo, mas disse que a postura ofensiva não será diferente, pois é uma característica do grupo.

 Em um confronto mata-mata com jogos de ida e volta, principalmente se vai decidir na sua casa, é importante não perder o jogo de ida. Apesar disso, o nosso pensamento é jogar buscando a vitória e conseguir a vitória. Se por circunstâncias do jogo outro placar for interessante, aí são as circunstâncias do jogo, mas não é a nossa mentalidade. A nossa mentalidade é preparar o jogo e desempenhar para voltar com o resultado positivo – explicou ao SPORTS MANAUS o treinador.

Em mais um compromisso pela competição, mas diante de um adversário muito tradicional no futebol de base brasileiro, a exemplo do Cruzeiro, o comandante da Raposa, ressaltou que a equipe está preparada para enfrentar qualquer time, independentemente de quem esteja do outro lado.

LEIA MAIS:

– A gente se prepara para todas as partidas, no sentido de que se pode exigir ao máximo da gente. Se o jogo se mostrar diferente disso, melhor, mas além da tradição de clube formador e do peso da instituição, que é o Fluminense, também existe uma geração muito forte nessas idades que estão no Sub-20 – disse, mas também reforçou.

– Atualmente, a gente sabe das dificuldades que vai ser o jogo, e daquilo que eles vão colocar e trazer de problema pra gente. Trabalhamos e nos preparamos para solucionar e responder essas situações da melhor forma possível e tentar impor a nossa característica de jogo – alertou Fernando Seabra.

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Em casa pela Série D, técnico da Tuna Luso-PA afirma sobre o Nacional-AM: “A gente acredita que tem condições de vencer”

Paulo Rogério

Na estreia da Copa do Brasil, técnico do Camboriú-SC define o jogo com Manaus: “Tentar prevalecer esse fator casa”

Paulo Rogério

CBF define datas e horários das oitavas de final da Copa do Brasil; veja!

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...