SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL NACIONALSÉRIE D

No primeiro jogo do mata-mata do acesso na Série D, técnico do Ferroviário-CE alerta sobre o Maranhão: “Joga muito bem em casa”

Na primeira fase, em dois jogos, o Ferrão empatou com o MAC fora e venceu em casa.  

Foto: Agência Sports Manaus

Superando seus adversários e mantendo a invencibilidade, o Ferroviário-CE chega ao mata-mata do acesso à Série C de 2024 e com grandes chances de conquistar sua vaga. Pela frente, no primeiro jogo das quartas de final do Brasileiro da Série D, o Ferrão encara um velho conhecido da fase classificatória: o Maranhão. A partida será neste domingo, 27/8, às 15h (de Brasília), no Estádio Castelão, em São Luís.

Com o devido conhecimento do seu adversário, pois já enfrentou por duas vezes, com um empate fora e uma vitória em casa, o técnico Paulinho Kobayashi, afirmou que espera um jogo difícil fora mais uma vez.

– Nós já tivemos as dificuldades na primeira fase contra eles lá dentro, em que há uma dificuldade enorme dos adversários de não conseguir seus objetivos, assim como nós dentro de casa somos difíceis. Lógico, pensando que o adversário joga muito bem em casa, não podemos deixar de fazer com que a gente consiga chegar até aqui, que é jogar futebol e sempre buscar o resultado – explicou ao SPORTS MANAUS.

Com relação ao favoritismo pela melhor campanha na Série D, o comandante do Ferrão foi enfático ao afirmar que o time não ganhou nada ainda. O principal objetivo é o acesso, e antes disso não passa apenas de números positivos, mas não sendo ainda a meta principal no campeonato.

LEIA MAIS:

– Não vejo como favoritismo, mas como a disposição de querer ganhar, enfim, quando se chega nessa fase todos têm a mesma condição, assim como, o Maranhão dentro de casa, porque é um adversário difícil. O favoritismo só vai existir quando acabar a competição que você conseguir o acesso – lembrou, mas ainda reforçou.

– Aí sim, você pode falar ‘somos favoritos ao título’, porque já conseguimos o objetivo, ou seja, todos conseguiram o mesmo objetivo. Agora nessa fase, se não conseguir o objetivo agora, não adianta nada toda invencibilidade que nós conquistamos até aqui – finalizou Kobayashi.

 

 

 

 

Outras postagens...

Para vencer o Cuiabá-MT pela Copa do Brasil Sub-17, técnico do Fast alerta: “Temos bons finalizadores”

Paulo Rogério

Em jogo eletrizante, Princesa marca no final, empata com Operário e pega o Fast na semifinal do estadual

Paulo Rogério

Com duas falhas do goleiro, Amazonas faz o placar, mas São Raimundo joga melhor no segundo tempo e empata pela Série D

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...