Nove anos depois, Penarol conquista o Amazonense 2020 diante do Manaus nos pênaltis

527

Foto: João Normando / FAF

Após nove anos em jejum e ainda superando uma forte pressão durante toda partida, o Penarol empatou com o Manaus no tempo regulamentar em 1 a 1, mas venceu nas cobranças de penalidades por 6 a 5, conquistando o título da reedição do Campeonato Amazonense 2020.

Bicampeão estadual em 2010/2011, o Penarol garante o terceiro título e garante o calendário da temporada no Campeonato Brasileiro da Série D, Copa do Brasil e Copa Verde. A final foi realizada na tarde desta segunda-feira, 1º/3, na Arena da Amazônia.

Jogo

O Penarol começou o jogo de forma arrasador e surpreendendo o Manaus. Aos dois minutos, jogada de Alberto pela esquerda, que cruza na grande área e encontra Ramon para bater forte, sem chances para o goleiro Rafael Pitanga, 1 a 0.

Pego de surpresa no início de jogo, o Manaus se lançou todo ao ataque. Aos nove minutos, tiro de canto pela esquerda, a bola é afastada da área e sobra para Edvan na direita. O jogador cruza na área e o zagueiro Luís Fernando perde o tempo da bola e a chance de empatar.

O Gavião do Norte coloca pressão em cima do adversário. Aos 14 minutos, Edvan pela direita cruza para trás e na ânsia de tirar a bola, o zagueiro Marcelo Cardoso afasta a bola e quase marcou contra as próprias redes.

Depois de algum tempo, o Penarol chega com perigo, após uma falta sofrida por Lucas Espiga perto da grande área. Aos 30 minutos, Douglas na cobrança bateu muito mal e praticamente recuou para o goleiro Pedro Henrique.

Com tanta pressão, o Penarol não conseguiu resistir ao Gavião. Aos 39 minutos, Luís Fernando se apresenta no ataque e toca para Diego Rosa, que avança e passa para a chegada de Philip de chutar sem chances para o goleiro do Leão da Velha Serpa para empatar, 1 a 1.

Aos 42 minutos, o Gavião teve a chance de marcar o segundo gol. Erivélton aparece sozinho para bater no ângulo esquerdo do goleiro Pedro Henrique, mas a bola foi para fora.

Na pressão, aos 48 minutos, o Manaus chega pela esquerda, na tabela entre Gabriel Davis e Philip. O jogador passa para tras e Diego Rosa de frente para meta chuta no canto direito e perde a maior chance de gol na partida. No último minuto dos acréscimos, Guilherme Amorim arrisca de longe e a bola bate no travessão e não entrou.

No segundo tempo, foi a vez do Manaus assustar logo de início o Penarol. Com dois minutos, Philip lança para Diego Rosa, que chuta cruzado, mas o goleiro Pedro Henrique evita o gol do Gavião. Aos seis minutos, o Gavião praticamente repete a jogada com Philip, que cobra tiro de canto na grande área e Diego Rosa de cabeça testa, mas o goleiro do Leão defende mais uma vez e evita o gol.

O Manaus buscava o segundo gol de qualquer maneira e pressionava de forma absurda. Aos 16 minutos, pela esquerda Tiago Costa faz o cruzamento na área para Rafael Ibiapino, sozinho ele cabeceia sem marcação para fora e perde a oportunidade de virar o placar.

Aos 37 minutos, o Gavião quase marcou o segundo gol. Pela direita, Philip chega na linha de fundo e toca para trás, a zaga do Leão tira a bola que sobra para Douglas bater forte, mas a bola explode nas rede do lado de fora da meta.

Penalidades

Com o empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, a definição do título foi realizada na cobrança de penalidades. O Manaus teve por duas vezes a chance de ser campeão, mas no final perdeu para o Penarol por 6 a 5. Pelo Gavião, marcaram Diego Rosa, Thiago Spice, Pedro Henrique, Vinícius Barba, Douglas Lima e perderam Rafael Ibiapino, Philip e Jack Chan. Já pelo Leão da Velha Serpa, assinalaram Marcelo Cardoso, Iuri, Roni, Douglas e João Lucas que cobrou por último, consagrando o título para o Penarol. Perderam nas cobranças, Lucas Espiga e Ivan.

Ficha técnica:

Jogo: Manaus (5) 1×1 (6) Penarol

Motivo: Campeonato Amazonense de 2020 – Final

Local: Arena da Amazônia – Manaus/AM

Horário: 15h30 (16h30 de Brasília)

Público:

Renda:

Árbitro: Edmar Campos da Encarnação 

Árbitros Assistentes: Uesclei Regison Pereira dos Santos e Alexsandro Lira de Alexandre 

Gols: Ramon 2min 1ºt (Penarol) e Philip 39min 1ºt (Manaus FC)

Advertências: Ramon e Janderson (Penarol) e Luís Fernando e Rafael Ibiapino (Manaus FC)

Expulsão:

Manaus: Rafael Pitanga, Edvan (Márcio Passos), Luís Fernando, Thiago Spice, Dudu Mandai (Tiago Costa), Vinícius Barba, Guilherme Amorim (Jack Chan), Erivélton (Douglas Lima), Diego Rosa, Gabriel Davis (Rafael Ibiapino) e Philip. Técnico: Luizinho Vieira.

Penarol: Pedro Henrique, Douglas Ramos, Ivan, Iuri Barbosa, Ramon, Marcelo Cardoso, Alberto (Janderson), Júlio Campos (João Lucas), Jairo Pereira (Denner), Edinho Corrêa (Roni) e Lucas Espiga. Técnico: Edmilson de Jesus.

 



I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.