SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Pelo Brasileiro Feminino, técnico do São Valério-TO busca a recuperação diante do 3B

Foto: Arquivo pessoal 

Depois da estreia indigesta no Campeonato Brasileiro Feminino A2, quando foi goleado pelo Fortaleza por 8 a 0, as meninas do São Valério-TO só pensam na recuperação diante do 3B da Amazônia em casa. O jogo válido pela segunda rodada do grupo B, será neste domingo, 25/10, às 14h (15h de Brasília), no Estádio Nilton Santos.

Da cidade de São Valério da Natividade, no interior de Tocantins, o técnico Wilsomar Sena, há quase dois meses no comando do time, afirmou que é esquecer o último resultado e pensar apenas na vitória diante do time amazonense.

– A gente sempre trabalha pensando na vitória, independente se o jogo for em casa ou fora. Nosso trabalho é pensando na vitória. Jamais vamos desmerecer o 3B, pois sabemos da competência que o time tem, mas vamos fazer o nosso melhor para buscar o resultado positivo – afirmou ao SPORTS MANAUS, mas reconhece que a goleada sofrida foi muito sentida pela equipe.

Treinador afirma que o time vai lutar por uma das vaga no grupo (Foto: Federação Paulista de Futebol)

– Acho que qualquer resultado, seja negativo abala a equipe. Infelizmente, o psicológico vai ficar abalado mesmo. Já tivemos uma conversa para tentar reanimar os ânimos. Nosso dever e obrigação é tentar levantar a moral das atletas, mas sabemos que não será fácil jogar em casa contra o 3B.

Contando com uma equipe limitada de apenas 20 atletas e um início não muito bom, Wilsomar Sena, ressaltou que o campeonato está começando, mas a meta é conquistar uma das vagas do grupo para a próxima fase.

– Seria muita hipocrisia minha se falar que não vou brigar pela vaga, né!. Já estamos fazendo isso, desde o primeiro jogo, mas para conseguir, somente os resultados finais vão nos dizer. Agora se vamos conseguir é outra história, mas temos que ser bem realista, pois sabemos que a estrutura que temos aqui não é grande coisa. Porém, a vontade das meninas não vai faltar para conseguirmos nossa classificação – explicou.

Ciente de que o 3B tem uma equipe qualificada, experiente e é uma das favoritas dentro do grupo para buscar a classificação, o treinador do São Valério, sabe que o time não ficou parado todo esse tempo.

– A equipe que vestiu a camisa do Iranduba foi o 3B, eu acompanhei. Sabemos da qualidade do 3B, das jogadoras e a comissão técnica, mas creio que não vai ser diferente. O trabalho delas vão continuar agora no 3B, e sabemos que ficou um legado muito grande, apesar do Iranduba ter caído, mas o trabalho da equipe já vem surgindo já algum tempo – justificou.

 

Outras postagens...

Com placar sem gols, Amazonas empata com Juventude-MA no primeiro jogo do mata-mata da Série D

Paulo Rogério

Apesar de jogar em casa com Nacional, técnico do Paysandu não considera favorito na Copa Verde

Paulo Rogério

Na estreia do Amazonense da Série B, goleiro do Librade mostra confiança diante do São Raimundo: “Esperamos fazer um grande jogo”

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...