SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE

Com apagão fora e dentro de campo, Manaus empata seu quarto jogo em casa diante do Figueirense-SC pela Série C

Nos seis jogos em casa, o Gavião do Norte venceu dois e empatou quatro partidas.

Além do apagão fora de campo no segundo tempo de alguns refletores, o Manaus sofreu também mais um apagão dentro de campo com o quarto empate em jogos em casa. O Gavião do Norte não conseguiu vencer o Figueirense-SC e ficou no 1 a 1, apesar de ter saído na frente. Com resultado, o Manaus subiu quatro posições, ficando em sexto lugar, com 17 pontos, mas ameaçado pela sequência dos outros jogos. A partida foi realizada neste sábado (18), na Arena da Amazônia, na capital amazonense.

Na luta para ficar no G8 e avançar mais ainda na tabela, pela 12ª rodada, o Manaus joga fora com Botafogo-SP, no domingo, 26/6, às 10h (11h de Brasília), no Estádio Santa Cruz, na cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. Já o Figueirense volta a jogar em seus domínios contra o Remo, na segunda-feira, 27/6, às 19h (20h de Brasília), no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Jogo

Mal começou o jogo e o Figueirense quase abriu o marcador. Aos dois minutos, na entrada da grande área Natan Masieiro toca para Gustavo Henrique, que chuta a queima roupa, mas o goleiro Matheus Inácio faz uma grande defesa.

O Figueira marcava sob pressão e no campo defensivo do time amazonense. Aos cinco minutos, foi a vez do Manaus chegar com perigo. Pela direita, Renanzinho cruza rasteiro e Neto chegou atrasado e não conseguiu tocar na bola para balançar as redes do goleiro Wilson.

O Gavião do Norte, começou a se soltar mais no ataque, apesar do Figueirense ser muito perigoso. Aos 12 minutos, a zaga do time catarinense tira a bola mal e sobra para Neto. O jogador se precipita e chutou mal à esquerda do goleiro Wilson do Figueira. 

Com um time bem postado, o Figueirense era muito perigoso quando subia ao ataque. Aos 15 minutos, Natan Masieiro cruza na área e Gustavo Henrique toca de cabeça no canto direito do goleiro do Gavião.

Aos 30 minutos, o Figueira teve outra chance de abrir o marcador. Depois da disputa de bola, na sobra Rodrigo Bassani bate de canhota e o goleiro Matheus Inácio faz uma boa defesa

O Manaus procurava as jogadas, principalmente com Guilherme Pira. Aos 42 minutos, o Gavião abriu o marcador. Pela direita, Roney cruza no segundo pau na pequena área e Pira de cabeça toca para abrir o marcador, 1 a 0.

Segundo tempo

O Gavião nem teve tempo para começar o segundo tempo como deveria, porque sofreu o empate em uma falha individual da zaga. Aos dois minutos, Jô acabara de entrar, tirou mal uma bola, que sobrou na área para Léo Artur. O jogador, que também entrou no intervalo chutou sem chances para o goleiro Matheus Inácio, 1 a 1.

Aos oito minutos, o Gavião quase marcou em boa jogada. Tiro de canto pela esquerda na área, e no segundo pau novamente Guilherme Pira quase marcou o segundo gol na pequena área.  

O empate não interessava ao Manaus, que partiu para conquistar a vitória. Aos 16 minutos, de frente para meta Guilherme Pira bate no canto direito, mas sem muito perigo à meta do Figueira.  

Aos 20 minutos, houve um pequeno apagão de alguns refletores na Arena da Amazônia. Aos 23 minutos, o árbitro Arthur Gomes Rabelo (ES) consultou os dois capitães, conversou com o árbitro reserva Halbert Luis Moraes Baia (AM) e com delegado da partida, Labibio André e resolveu paralisar a partida, até que fosse normalizado a iluminação da Arena.  

O jogo ficou 23 minutos paralisado, e recomeçou aos 45 minutos de jogo, após ser resolvido o problema com as luminárias da Arena. Na volta da paralisação, o Manaus em uma boa jogada no ataque quase marcou. Aos 48 minutos (22 minutos no tempo normal) Gilherme Pira chutou por cima da meta do goleiro do Figueira.

Aos 44 minutos de bola em jogo no tempo normal, o Figueirense quase marcou o segundo gol. Pela esquerda, na entrada da área Léo Artur bateu forte no canto esquerdo, mas o goleiro Matheus Inácio fez uma grande defesa.

Ficha técnica:

Data: 18/06/2022 – sábado

Jogo: Manaus 1×1 Figueirense-SC

Motivo: Campeonato Amazonense da Série C – 1ª fase / 11ª rodada

Local: Arena da Amazônia – Manaus/AM

Horário: 17h (18h de Brasília)

Público presente: 5.208

Renda: R$ 52.260,00

Árbitro: Arthur Gomes Rabelo (ES)

Árbitros Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antônio Zanotti (ES)

Gols: Guilherme Pira 42 min 1ºt (Manaus) e Léo Artur 2 min 2ºt (Figueirense-SC)

Advertências: Luís Fernando e Uesley Gaúcho (Figueirense-SC)

Expulsão: —

Manaus: Matheus Inácio, Weriton (Jô), Gutierrez, Claudinho, Renan Luís, Gilson (Luiz Felipe), Rogério (Felipe Baiano), Guilherme Pira, Renanzinho, Roney (Silvano) e Neto Costa (Alvinho). Técnico: Evaristo Piza.

Figueirense-SC: Wilson, Natan Masieiro, Maurício, Luís Fernando, Mário Henrique, Serginho (Uesley Gaúcho), Oberdan, Clayton (Léo Artur), Rodrigo Bassani (Paolo), Gustavo Ramos (Luizinho) e Gustavo Henrique (Marlyson). Técnico: Júnior Rocha.

 

 

 

 

Outras postagens...

Guardiola abre o jogo, nega que vá treinar a seleção brasileira e se declara ao City: ‘Ficaria para sempre’

Paulo Rogério

Em tratamento da Covid-19, técnica da Venezuela afirma sobre torneio em Manaus: “É importante para a seleção nacional”

Paulo Rogério

Brasil engrena na etapa final, bate a Venezuela de virada e segue 100% nas Eliminatórias

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol