SportsManaus
COPA VERDEFUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

Com desfalques para jogar com Princesa pela Copa Verde, técnico afirma: “O Paysandu tem no seu elenco bons jogadores”

A partida de volta do Papão contra o Tubarão, será na quinta-feira, 23/3, na Curuzu, em Belém.

Foto: John Wesley/Paysandu

Com a ausência de seis jogadores por contusão, o Paysandu encara o Princesa do Solimões no primeiro desafio fora de casa, pelas quartas de final da Copa Verde, nesta quarta-feira, 8/3, às 20h (21h de Brasília), no Estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, na cidade de Manacapuru (a 80 km de Manaus). Pela segunda fase, o Papão passou pelo Real Ariquemes-RO por 3 a 0. O confronto de volta com o Tubarão do Norte será na quinta-feira, 23/3, às 20h (de Brasília), na Curuzu, em Belém.

De acordo com o técnico Márcio Fernandes, apesar das dificuldades de jogar com a formação titular, ele acredita no potencial do grupo como um todo para superar as adversidades diante do Princesa.

– Quanto aos jogadores, realmente isso atrapalha um pouco. Se perde entrosamento, jogadores que estão mais acostumados a jogar juntos, isso realmente atrapalha um pouco. O Paysandu tem no seu elenco bons jogadores para suprir a ausência desses que estão saindo. A gente espera que eles possam fazer o seu melhor, e nos ajudar a conseguir essa vitória, que é importante para a gente – comentou ao SPORTS MANAUS.

LEIA MAIS:

Apesar de ser o atual campeão e o grande detentor de títulos da competição, o comandante do Papão descarta qualquer citação de favoritismo. Para ele, tudo se decide dentro de campo.

– Falar em favoritismo, acho que futebol hoje em dia não existe mais favorito. Claro, que a equipe do Paysandu tem tradição, é uma equipe que tem uma camisa forte, mas isso não ganha jogo. O que ganha é a gente se apresentar bem, fazer o nosso melhor, isso sim, podemos ter chances para vencer – pontuou Márcio, mas ainda acrescentou.

– A gente sabe do time Princesa, que é forte, tem um treinador que é conhecedor do futebol, muito experiente, enfim, isso tudo faz com que a gente tenha que fazer muito mais do que fez no último jogo para ter chances de conseguir a vitória – completou o treinador.

 

 

Outras postagens...

Iranduba bate o Nacional e vence após três anos de jejum pelo estadual

Paulo Rogério

Em coletiva, presidente da FAF anuncia novidades e vai sugerir homenagem ao Pelé e defende futebol com apelo ecológico

Paulo Rogério

Copa do Brasil: Flamengo domina, cria chances, mas Fluminense segura empate com um a menos

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...