SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE SÉRIE C

“É uma decisão, tanto para nós quanto para eles”, diz técnico do Botafogo-PB sobre o jogo com Manaus

Quinto colocado no grupo A, com 22 pontos, o Belo precisa de uma vitória para se manter com chances de classificação 

Foto: Divulgação / Botafogo-PB

“Decisivo”, é com esse pensamento que o Botafogo-PB encara o Manaus, líder do grupo A, com 24 pontos, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, com foco apenas e somente de conquistar os três pontos fora de casa. O Belo, quinto colocado, com 22 pontos, vai tentar se recuperar da rodada anterior, quando empatou em casa com o Tombense-MG e perdeu a chance de ficar na ponta do grupo A. O confronto será realizado no domingo, 12/9, às 15h (16h de Brasília), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade. Na partida válida pelo primeiro turno dentro do grupo, o Botafogo goleou o Manaus por 4 a 1, em seus domínios.

Na reta final da fase classificatória, o técnico Gerson Gusmão, reconhece que o time amazonense vive um melhor momento. Para ele, o jogo pode ser considerado como uma verdadeira decisão nesse momento, pois somente interessa a vitória para seguir com chances de classificação. 

Gusmão afirmou a vitória é o único resultado que interessa (Foto: Divulgação / Botafogo-PB)

– É uma decisão, tanto para nós quanto para eles. É um jogo extremamente difícil, porque a gente tem que procurar explorar aquilo que detectamos na equipe deles como pontos frágeis a serem explorados, e é isso que vamos fazer para buscar o resultado. A vitória é o único resultado que nos interessa, a gente sabe da importância desse confronto – disse ao SPORTS MANAUS, mas ainda ressaltou.

– Mais um jogo difícil, a equipe do Manaus vem realmente de uma fase ascendente, vem crescendo na competição. A gente tem que fazer um grande, nos preparamos muito bem, sabemos das dificuldades que vamos enfrentar na partida. O resultado do primeiro jogo não significou nada para essa partida, que foi nossa vitória de 4 a 1. Agora é outro jogo, são outras circunstâncias – alertou o comandante do Belo. 

Em uma competição em que não se pode perder pontos em casa, o treinador do Botafogo, lamentou o último resultado. Segundo ele, a situação seria outra, mas agora é encarar o Gavião do Norte e desbancar o líder do grupo fora, principalmente porque o jogo não será na Arena da Amazônia.

– Deixamos escapar uma vitória em casa, que era um confronto direto também. Talvez se tivéssemos vencido o Tombense, um empate passaria a ser um bom resultado, mas como tivemos um empate em casa, agora precisamos de uma vitória. O gramado do estádio da Colina realmente não deve ser da mesma qualidade da Arena da Amazônia, mas a gente tem que passar por mais esse obstáculo, mas isso não pode servir para gente como desculpa – frisou Gerson.

 

Outras postagens...

Em reunião dos clubes, Campeonato Amazonense inicia dia 2 de fevereiro e termina no final de abril de 2019

Paulo Rogério

Com gol no final, Sul América vence Nacional e assume a liderança do Amazonense sub-16

Paulo Rogério

Técnico do Coritiba afirma respeito pelo Manaus na Copa do Brasil e diz: “A gente espera um jogo difícil”

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol