SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

Em jogo com gol relâmpago, confusão e expulsões, Flamengo bate Botafogo e segue líder da Taça Guanabara

Da redação do Sports Manaus, com informações – LANCE! – 25/02/2023 – 20:20 – Brasília (DF)

Matheus Gonçalves garantiu a vitória por 1 a 0 do Rubro-Negro sobre o Alvinegro em jogo com reta final turbulenta neste sábado (25), no Mané Garrincha

Foto: Marcelo Cortes / CRF

Teve de tudo no Estádio Mané Garrincha neste sábado (25). Gol logo nos primeiros segundos, problemas com o VAR e uma reta final marcada por muitas confusões e expulsões… Mas, após muita rispidez, o Flamengo saiu de campo derrotando o Botafogo por 1 a 0 pela nona rodada da Taça Guanabara (primeira fase do Campeonato Carioca). Coube a Matheus Gonçalves garantir a vitória rubro-negra, em arrancada logo aos 25 segundos do primeiro tempo.

O resultado levou os flamenguistas aos 23 pontos, e o time segue na liderança da Taça Guanabara. O Alvinegro, por sua vez, estacionou nos 16 pontos, em terceiro, e ainda pode perder a posição.

As duas equipes jogam no meio de semana em competições diferentes. Os rubro-negros voltam a campo na terça-feira (28), para realizarem o jogo decisivo da Recopa Sul-Americana, contra o Independiente del Valle, no Maracanã. O Glorioso vai a campo na quinta-feira (2), para encarar o Sergipe, no Batistão, pela primeira fase da Copa do Brasil.

MAS JÁ?

Bastaram 25 segundos para o Flamengo encontrar um atalho até a rede. Matheus Gonçalves aproveitou uma trapalhada de Daniel Borges e arrancou até a área. Após se desvencilhar de Joel Carli, o camisa 40 rubro-negro mandou a bola para a rede. Embalados, os rubro-negros mantiveram o domínio no meio e viram Matheus Gonçalves tentar um elástico em Daniel Borges. 

RUBRO-NEGRO SEGUE FIRME

O Botafogo, aos poucos, equilibrou o jogo e chegou a ensaiar uma reação. Patrick de Paula ajeitou e arriscou no canto. No entanto, a equipe se atrapalhava na troca de passes e era envolvida pelo Rubro-Negro.

Impetuosa, o Fla dominava as ações e teve chances de ampliar. Marinho entortou Daniel Borges e chutou, obrigando Lucas Perri a se desdobrar e espalmar. Em seguida, Cleiton levou perigo em cabeçada, enquanto Matheus Gonçalves exigiu Perri em finalização. Matheusão deixou para trás Joel Carli e invadiu a área, mas se enrolou na conclusão e acabou travado.

BOTAFOGO ESBARRA EM ERROS

O Alvinegro demorou, mas voltou a ter oportunidade promissora em um lançamento. Tiquinho Soares surgiu entre os zagueiros e arriscou, obrigando Matheus Cunha a sair para encaixar. Em seguida, Gabriel Pires cobrou falta rente ao travessão. Na reta final, Lucas Fernandes recebeu passe e concluiu com perigo, só que a bola foi para fora.

A volta do intervalo indicou mais emoções. No entanto, a partida se tornou mais “brigada” e com erros sucessivos de passes. Everton Cebolinha passou como quis por Daniel Borges, mas pegou mal ao tentar o cruzamento. O Botafogo lutava com Marçal e Victor Sá, mas continuava pouco incisivo. Lucas Fernandes e Gabriel Pires tentaram chances, mas pouco ameaçaram Matheus Cunha.

LUTA PARA CADENCIAR

Enquanto isso, o Flamengo cadenciava o jogo e continuava a trazer calafrios para a defesa botafoguense. Marinho surgiu livre e bateu rasteiro, fazendo Lucas Perri saltar para defender. Matheus França ainda tentou aproveitar a sobra, mas concluiu em cima da defesa. 

Os comandados de Luís Castro continuavam a buscar jogadas pelos lados com Victor Sá, Lucas Fernandes e Carlos Alberto,  mas pecavam na pontaria. Em seguida, o Rubro-Negro chegou a comemorar um gol. Matheus França chutou e a bola sobrou mascada nos pés de André Luiz. O atacante mandou para a rede, mas o árbitro invalidou a jogada por impedimento. 

VAR, MUITA CONFUSÃO E EXPULSÕES

Aos trancos e barrancos, o Alvinegro partiu para a frente e chegou a celebrar aos 39 minutos. Lucas Fernandes chutou e, após um desvio na zaga, Carlos Alberto mandou para a rede. Atendendo ao VAR, o árbitro anulou a jogada por impedimento. 

O lance deu margem para muita confusão. Em meio a entradas ríspidas, Tiquinho Soares foi advertido por reclamação. Logo depois, seguiu reclamando, recebeu o cartão vermelho e partiu para cima do árbitro. Em meio a muita reclamação, o lateral botafoguense Marçal também foi expulso. Logo após esse episódio, um torcedor do Glorioso invadiu o gramado e demorou a ser retirado pela segurança do estádio. Policiais ainda entraram no campo antes de a partida terminar e saíram depois de um tempo sem saber o que fazer. 

Nos últimos minutos, o Botafogo teve sua última chance de empatar. Matheus Nascimento arrancou pela direita, partiu para a área e, caído, finalizou em cima de Matheus Cunha. Em meio a muita tensão, o Flamengo saiu de campo vitorioso. Depois do apito final, muitos torcedores invadiram o gramado.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 0 x 1 FLAMENGO

Estádio: Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data e hora: 25 de fevereiro, às 18h
Árbitro: Tarcizo Pinheiro Caetano
Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira Esposito e Carlos Henrique Alves de Lima Filho
Árbitro de vídeo: Rodrigo Nunes de Sá
Renda / Público: R$ 2.222.291,17 / 20.374 pagantes

Cartões amarelos: Joel Carli, Lucas Piazon, Gabriel Pires, Marçal, Tchê Tchê (BOT), Everton Cebolinha, Erick Pulgar, Matheuzinho, Marinho (FLA)

Cartões vermelhos: 
Joel Carli, Tiquinho Soares e Marçal (BOT)

Gol: Matheus Gonçalves, 25”/1T (0-1)

BOTAFOGO (Técnico: Luís Castro)

Lucas Perri; Daniel Borges (Matheus Nascimento, 27/2T), Joel Carli (Cuesta, 15/2T), Segovia e Marçal; Tchê Tchê, Patrick de Paula (Lucas Fernandes, 31/1T) e Gabriel Pires; Lucas Piazon (Carlos Alberto, 15/2T), Victor Sá e Tiquinho Soares.

FLAMENGO (Técnico: Vítor Pereira)

Matheus Cunha; Rodrigo Caio, Pablo e Cleiton; Matheuzinho, Erick Pulgar (Evertton Araújo, 15/2T), Igor Jesus (Lorran, 25/2T), Matheus Gonçalves (Matheus França, 15/2T) e Everton Cebolinha; Marinho (André Luiz, 32/2T) e Matheusão.

 

Outras postagens...

Com jogos em várias categorias, Festival das Escolinhas de Futebol do Amazonas/Roraima faz história em Presidente Figueiredo

Paulo Rogério

Em sua sexta vitória, Amazonas domina, vence Rio Branco-AC e mantém invencibilidade na Série D

Paulo Rogério

Pela 4ª rodada do Campeonato Amazonense, Sul América perde no Sub-8 e Sub-10

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...