SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Em reunião informal, associação de clubes se reúne para reativar entidade e projeta metas para o futuro

O último encontro foi realizado em novembro do ano passado, também na sede do Galo da Praça da Saudade.

Foto: Agência Sports Manaus

Após nove meses da última reunião, a Associação de Clubes Profissionais do Estado do Amazonas (Acpea), se reuniu com representantes de RB do Norte, Parintins FC, Librade, Clipper Clube e Rio Negro de forma informal, na última sexta-feira (18). O objetivo foi de reativar a entidade, dar sequência na ideia de buscar patrocinadores, afiliação dos novos clubes do futebol amazonense, entre outros assuntos. O encontro foi realizado na sede do Atlético Rio Negro Clube, no centro da cidade.

O presidente da Acpea, Jefferson Oliveira, que é gestor do Galo da Praça da Saudade, explicou os motivos da entidade de não realizar com frequência as reuniões com seus filiados.

– Ano passado, quando reativamos a associação estávamos no final do ano, já tinha passado todas as questões de apresentação de projetos para o incentivo público e privado. Nós resolvemos nos reunir agora, porque já temos as equipes da Série A do Campeonato Amazonense completo, além dos times da Série B, enfim, temos todo um painel na nossa frente com todas as opções – disse ao SPORTS MANAUS, mas ainda citou.

– Nós vamos buscar os recursos, os patrocínios do poder público e privado também para melhorar o futebol do Amazonas. A associação busca a melhoria dos profissionais, e principalmente, do futebol amazonense, porque esse é o nosso objetivo de ajudar os clubes, alinhar, estar perto e apoiar nossos times profissionais.

LEIA MAIS:

De acordo com o gestor da entidade, agora o foco está na próxima reunião, para agregar os novos clubes, que estão começando sua caminhada no cenário local, mas alguns alcançando visibilidade em âmbito nacional.

– A próxima reunião será através de edital, onde serão filiados os novos membros da associação como RB do Norte, Parintins, Librade, Unidos do Alvorada, Amazonas, Manauara, enfim, os clubes mais jovens, porque os outros mais antigos são os fundadores. Os mais jovens vão se filiar através do edital, porque tem que ter uma ATA da reunião. Depois, que conseguirmos os patrocínios e a verbas vamos repassar para todos – completou o dirigente da associação. 

 

 

 

 

 

Outras postagens...

“Foi satisfatória”, afirma presidente do Librade em sua primeira participação no profissional

Paulo Rogério

Fast Clube aplica a terceira goleada na Série D e vence o Vilhenense-RO por 4 a 1, no Portal da Amazônia

Paulo Rogério

Em jogo eletrizante, Princesa marca no final, empata com Operário e pega o Fast na semifinal do estadual

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...