SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Ex-jogador Luíca arrenda o Sul América, revela seus planos, vai disputar a Série B e diz: “O nosso futebol tem talento”

O jogador deixou de jogar profissionalmente há 10 anos, tendo em currículo o tricampeonato da Copa Norte, pelo São Raimundo.

Ele começou sua carreira no clube e agora tem a grande chance de realizar seu sonho de comandar no futebol amazonense. Há cinco meses, Luís Alves de Oliveira, o Luíca, 48 anos, que atuava como meia-atacante, desde o início do ano arrendou a presidência do Sul América EC e é o novo gestor do clube, após firmar um contrato, junto com agora presidente de honra, Luiz Costa.

Luíca, que passou por vários times locais, fez história no tricampeonato da Copa Norte, pelo São Raimundo, agora realiza seu sonho. Segundo ele, em virtude do valor elevado cobrado pela CBF para uma filiação, resolveu arrendar o Trem da Colina, mas principalmente de valorizar os jogadores locais.

– Fui na FAF e falei com o Ivan Guimarães ano passado. Ele disse que não tinha condições, porque a taxa era muito cara. Ele sugeriu procurar o Holanda, foi quando liguei para o Luiz Costa, fiquei sabendo que não iria disputar a Série B. Nós entramos em um acordo e assumimos. É um momento muito especial, o clube onde comecei minha carreira como jogador profissional. Vamos surpreender muita gente – explicou ao SPORTS MANAUS, que pretende trabalhar com os jogadores locais.

– O meu maior interesse é provar não só para mim, mas para todos o quanto o nosso futebol tem talento, não só na capital, mas como também no interior. A prova disso é o São Raimundo, quando nós subimos e fomos tricampeão do Norte, nós tínhamos 70% do time amazonenses, como Alberto, Delmo, Guara, Jeremias, Genival, Sidney, Marcos Pezão, entre outros e todos da nossa região – disse Luíca.

LEIA MAIS:

De acordo com o novo presidente do Sulão, a meta é disputa todas as divisões, começando pela divisão de acesso para conquistar a vaga na elite do futebol amazonense.

– Nós já estamos treinando para a Série B. Fizemos uma peneira no final de abril e foi muito proveitoso. Nós sabemos que precisamos trabalhar com esses atletas com potencial, assim como sabemos o nível do futebol daquele que sair na frente, se preparar melhor vai levar vantagem. A intenção é disputar todas as divisões, até porque o atleta começa lá debaixo, porque para nós cobrarmos, temos que dar o mínimo de condições – finalizou o dirigente.

 

 

Outras postagens...

Com grande atuação de Raphael Veiga, Palmeiras vence Corinthians no Allianz Parque

Paulo Rogério

“Todo tipo de adaptação é muito importante”, revela o técnico do Nacional sobre a preparação dos jogadores para o Campeonato Amazonense

Paulo Rogério

Goleadas de Santos e Cruzeiro marcam o domingo no Brasileirão Feminino

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...