Fast empata com Nacional e decide primeiro turno com Penarol

123

Não foi um grande jogo, mas no final o Fast Clube empatou com Nacional em 1 a 1, garantindo vaga na final do primeiro turno, do Campeonato Amazonense da Série A. Com a melhor campanha na primeira fase, o Tricolor de Aço jogava com a vantagem do empate e usou o regulamento para chegar na decisão. O clássico Pai e Filho pela semifinal, foi realizado na noite desta quarta-feira, 6/3, no estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade. 

Na outra semifinal, o Penarol venceu o Princesa do Solimões por 1 a 0, também nesta quarta-feira, no estádio Floro de Mendonça, na cidade de Itacoatiara (a 270 km da capital). A final do primeiro turno, entre Fast e Penarol, será neste sábado, 9/3, em horário e local a ser definido pela FAF.

Apesar de ter a vantagem do empate, o treinador do Fast, Vladimir de Jesus, destaca a evolução da equipe, a partir dos jogos que assumiu o comando. Para ele, o grupo se empenhou ao máximo pelo resultado.

– Tivemos duas infelicidades, contra Sul América e Manaus, o que não foi demérito, porque jogamos bem essas partidas que perdemos. Tivemos dentro de campo muita disposição, garra e disposição tática. É um time aplicado a fazer o que nós determinamos. É uma equipe muito aguerrido, que buscou, lutou e teve competência de fazer o gol na hora certa, mas pecamos, porque tivemos chances de fazer dois ou três, mas desperdiçamos e precisamos trabalhar isso.

Apesar de alguns problemas, principalmente financeiro para contratar, Aderbal Lana, disse que o Nacional pecou muito em campo com as chances desperdiçadas, mas afirma que no segundo turno a expectativa é de um time muito melhor.

– Trabalhamos dentro de um orçamento pequeno, e esperamos melhorar no segundo turno e crescer um pouco mais. Acho que a equipe dentro do prazo que foi montado, fez uma campanha até que boa e temos que nos orgulhar disso, porque são jogadores oriundos de todos os lugares. Se for analisar, perdemos dois gols no primeiro tempo e agora no segundo, só o Romarinho perdeu três gols de cabeça. Teve uma que perdeu debaixo da trave e não conseguiu cabecear.

Jogo

Jogando com a vantagem do empate, devido a melhor campanha na fase classificaria, o Fast perdeu aos sete minutos, Guigui, no setor defensivo.
O primeiro lance de perigo foi do Nacional, aos 11 minutos. Pela esquerda, Guilherme domina e chuta por cima do goleiro, perdendo a chance de abrir o marcador.

Em campo, as equipes não conseguiam chegar próximo da meta de ambos os lados. O que se via era um jogo com lentidão e sem criatividade. Aos 32 minutos, depois de receber um passe de Igor que roubou do adversário, Ronan levou pelo meio da grande área e chutou cruzado no canto esquerdo, 1 a 0.

Aos 37 minutos, o Fast teve a chance de ampliar. No campo de defesa Gelvane lançou Valker, que passou por dois jogadores e quando entrou na grande área perdeu a chance de gol, mas na sobra Ronan tentou o chute em cima do goleiro.

O Nacional quase chegou ao empate. Aos 41 minutos, Paulinho Brasília chutou de canhota e quase marcou, mas a bola desviou na zaga. Em total desvantagem, Aderbal Lana sacou Paulinho e colocou o atacante Ray para mudar a partida. Aos oito minutos, Lana fez mais uma mudança, colocando o experiente Marinelson.  Aos 11 minutos, o Naça ataca com Ray, que domina de costas para grande área e no giro chuta no canto esquerdo, mas o goleiro toca e coloca para escanteio.

Aos 26 minutos, jogada pela esquerda com Guilherme, ao receber a bola tocou de primeira na grande área e depois de uma disputa, a bola entrou na confusão com o toque de Ray para empatar, 1 a 1. Aos 38 minutos, cobrança de falta frontal do Fast, Guilherme cobra e a bola bateu no travessão e não entrou.

Ficha técnica:

Jogo:  Fast Clube 1×1 Nacional

Motivo: Campeonato Amazonense da Série A /1º turno / Semifinal

Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina

Horário: 20h

Renda:

Público pagante:  

Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Junior

Árbitros assistentes:  Luís Cláudio Rodrigues da Costa e Elivane Trindade da Costa

Gols: Ronan 32min 1ºt (Fast) e Ray 26min 2ºt (Nacional)

Advertências: ———-

Fast Clube: Roger Kath, Wagner Diniz, Guigui (Jurandir). Carlinhos Rocha, Gelvane, Valker (Juninho), Rafael Borges, Igor, Willian Sarôa, Ronan e Luciano (Caio). Técnico: Vladimir de Jesus.

Nacional: André Regly, Bernardo, Victor Hudson (João Pedro), Jordan, Guilherme, Mineiro, Paulinho (Ray), Paulinho Brasília (Marinelson), Jonas, Fabinho e Romarinho. Técnico: Aderbal Lana.



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.