SportsManaus
COPA DO BRASILFUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

Flamengo dá show, goleia o Maringá no Maracanã e garante classificação na Copa do Brasil

Da redação Sports Manaus, com informações – LANCE! – Guilherme Xavier – 26/04/2023 – 23:28 – Rio de Janeiro (RJ)

Foto: Gilvan de Souza / CRF

Flamengo cumpriu sua missão nesta quarta-feira, no Maracanã, e goleou o Maringá. O resultado de 8 a 2, apesar de elástico, traduz o que foi a partida. O Rubro-Negro dominou as ações e confirmou a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. Pedro (4x), Cebolinha, Thiago Maia, Gabigol e Gerson marcaram para o Fla, enquanto Fabrício Bruno (contra) e Bruno Lopes anotaram para os visitantes. 

Agora, o Rubro-Negro aguardará sorteio para definir seu rival na próxima fase da Copa do Brasil, que ainda não tem data definida. Além disso, embolsa mais R$ 3,3 milhões em premiação e mantém vivo o sonho do pentacampeonato.

INÍCIO AVASSALADOR

Ciente da desvantagem no placar, o Flamengo foi para cima do Maringá e, logo aos dois minutos da etapa inicial, abriu o placar. Cebolinha, que tinha perdido grande chance na jogada anterior, cruzou bem a bola para área e, na segunda trave, Thiago Maia teve tempo de dominar para conferir. O Maracanã veio abaixo com o grande começo do Rubro-Negro na partida.

E as boas não pararam por aí. O Flamengo continuou pressionando e teve outras oportunidades para marcar. Gerson e Gabi, por exemplo, pararam na defesa do Maringá. Foi Pedro, aos 19 minutos, que deu a igualdade no agregado com cabeçada firme, sem chances para o goleiro da equipe paranaense. 

VIRADA COM FRIEZA DE GABI

Com o alto volume de jogo, o Flamengo não deu chance ao Maringá e continuou em cima, buscando a virada. Ela veio aos 29 minutos do primeiro tempo, com Gabigol, cobrando pênalti sofrido por Gerson. Os rubro-negros presentes no Maracanã embalaram o canto do “inferno” para o camisa 10. Everton Ribeiro e Wesley tiveram oportunidades para ampliar, mas não conseguiram passar por Dheimison. 

QUEM NÃO FAZ, LEVA

O castigo, no entanto, veio no fim do primeiro tempo. Depois de acumular inúmeras oportunidades, o Flamengo cedeu escanteio pelo lado esquerdo e, em indecisão da zaga, Fabrício Bruno acabou completando contra o próprio gol. A igualdade retornava ao agregado aos 38 minutos. O Maringá ainda teve outra oportunidade em chute de fora da área, mas Santos fez boa defesa. E a etapa inicial terminou assim: 3 a 1 para o Rubro-Negro.

GERSON DÁ TRANQUILIDADE AO FLAMENGO

Após o gol do Maringá, o Flamengo viveu momento de instabilidade na partida, mas a insegurança acabou rápido. A torcida empurrou o time que, no último lance da primeira etapa, aos 48 minutos, voltou a ficar na frente do agregado. Gerson recebeu na frente, invadiu a área sem marcação e concluiu para o fundo do barbante. Etapa inicial de cinco gols no Maracanã, com o Rubro-Negro vencendo por 4 a 1.

EM EXCELENTE NOITE, CEBOLINHA AGREGA NA FESTA

O segundo tempo começou com trocação. Enquanto o Flamengo buscava ampliar a vantagem, o Maringá conseguiu algumas boas oportunidades, mas parou em Santos. Aos sete minutos, no entanto, o Rubro-Negro conseguiu aquilo que queria: um contra-ataque com a defesa visitante exposta. Cebolinha passou para Gabi, recebeu do camisa 10 e deixou o dele. Grande noite do atacante, após período de má fase.

NÃO DEU NEM PARA ACREDITAR

Apesar da vantagem, o Flamengo voltou a se descuidar na defesa, e o Maringá aproveitou. Bruno Lopes recebeu de Serginho na entrada da área e contou com o desvio do próprio companheiro para, aos 19 minutos, diminuir a vantagem rubro-negra. A torcida visitante ensaiou coro de “Eu acredito” nas arquibancadas, mas a alegria dos paranaenses durou pouco.

Dois minutos depois, o Flamengo voltou a abrir dois gols de vantagem, de novo com Pedro. A jogada foi toda construída pelo lado esquerdo, Gabi e Gerson tabelaram para que o Coringa saísse em condição de cruzar. O passe veio na medida, e o camisa 9 só teve o trabalho de empurrar para as redes. O atacante atingiu um tento de média por partida em 2023.

O POKER E A FESTA

O jogo teve diversos personagens importantes, mas Pedro terminou como o artilheiro. Ainda deu tempo dele marcar mais dois gols, aos 39 e 42 minutos da etapa complementar. Os dois foram muito parecidos, em que ele teve apenas que usar o faro de artilheiro e finalizar com categoria. O “Poker” do goleador rubro-negro animou a torcida, que entoou cantos como “O campeão voltou”.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 8 X 2 MARINGÁ

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro
Data e Hora: 26 de abril, às 21h30
Árbitro: Raphael Claus (SP/FIFA)
Assistentes: Fabrini Bevilacqua Costa (SP/FIFA) e Daniel Luis Marques (SP)
Árbitro de vídeo: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Renda/Público: 53.753 presentes e R$ 2.772.962,50

Gols: Thiago Maia (FLA – 2’/1T), Pedro (FLA – 19’/1T, 21’/2T, 39’/2T e 42’/2T), Gabigol (FLA, 29’/1T), Gerson (FLA, 48’/1T), Everton Cebolinha (FLA, 7’/2T); Fabrício Bruno (a favor do Maringá – 38’/1T) e Bruno Lopes (MAR, 19’/2T)

Cartão amarelo: Raphinha (MAR), Erick Varão (MAR), Serginho (MAR) e Bruno Lopes (MAR); Ayrton Lucas (FLA) e Wesley (FLA)
Cartão vermelho: Ninguém. 

FLAMENGO (Técnico: Jorge Sampaoli)
Santos; Wesley (Léo Pereira, 17’/2T), Fabrício Bruno, David Luiz e Ayrton Lucas; Thiago Maia (Vidal, 17’/2T), Gerson (Victor Hugo, 23’/2T) e Everton Ribeiro (Marinho, 17’/2T); Éverton Cebolinha (Matheus Gonçalves, 33’/2T), Gabigol e Pedro.

MARINGÁ-PR (Técnico: Jorge Castilho)
Dheimison; Lucas Lopes, Wesley, Max Miller e Raphinha (Caique, 17’/2T); Erick Varão (Pelezinho, 29’/2T), Serginho e Cesinha (Matheus, 17’/2T); Gustavo Ramos (Luiz Thiago, 17’/2T), Iago e Bruno Lopes (Alemão, 29’/2T).

 

 

 

Outras postagens...

Pela primeira vez na região Norte, novo técnico do Operário vai montar a equipe e confessa: “Será um desafio”

Paulo Rogério

Novo técnico do Nacional se encanta com a história do clube e diz: “Merece disputar as competições nacionais e brigar por títulos”

Paulo Rogério

Mesmo pressionando, Amazonas perde para o Paysandu por 2 a 1, que jogou no final com menos dois jogadores na Série C

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...