SportsManaus
COPA DO BRASILFUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Pela segunda fase da Copa do Brasil, técnico do Maringá aposta no fator casa com Amazonas: “Estamos com um retrospecto muito bom”

Ano passado, o Dogão realizou a melhor campanha chegando na 3ª fase, mas foi eliminado pelo Flamengo, no jogo de volta.

Foto: Rodrigo Araújo/ MFC

Em uma boa fase, semifinalista do estadual e na sua terceira participação na Copa do Brasil, o Maringá FC, aguarda com grande expectativa para entrar em campo, pela segunda fase e conquistar uma grande vitória em casa. Mas pela frente, o Dogão tem um adversário, que vem de uma ascensão meteórica e foi campeão do Brasileiro da Série C do ano passado: o Amazonas FC. A partida será nesta quinta-feira, 14/3, às 21h30 (de Brasília), no Estádio Willie Davids, na cidade de Maringá, no interior do Paraná.

Com uma boa regularidade até agora na temporada, motivado e confiante, o técnico Jorge Castilho, quer aproveitar o fator casa, torcida para superar a Onça-pintada, pois reconhece que será uma partida extremamente difícil, mesmo em seus domínios.

– A motivação de jogar em casa é muito grande. O nosso torcedor é o 12º jogador. Nós estamos com um retrospecto muito bom dentro de casa, principalmente no estadual e na Copa do Brasil. Temos que usar isso como um fator positivo para a nossa equipe buscar o resultado – salientou ao SPORTS MANAUS, mas ainda frisou.

– Nós sabemos das dificuldades que vamos encontrar, mas respeitando sempre, porque é um adversário forte, que também vem buscar a vaga. É um time que a gente respeita muito pela qualidade que tem do outro lado – alertou o treinador.

Em sua terceira participação na Copa do Brasil, tendo mais rodagem, em relação ao time amazonense, e passando por um bom momento, o comandante do Dogão, não leva isso muito em consideração, mas sabe da qualidade do Amazonas na temporada, ainda mais tendo conquistado a Série C do ano passado.

LEIA MAIS:

– No meu ponto de vista, são estatísticas. O Amazonas tem uma ascensão desportiva muito grande, chegou na Série B do Brasileiro muito rapidamente. Por mais que seja a primeira participação na Copa do Brasil, é um time com bastante jogadores experientes, muito forte e que a gente está acompanhando. Acredito que jogar em casa é um fator a mais para nós, mas isso não quer dizer favoritismo – disse, mas ainda reforçou.

– Vai ser um jogo muito difícil para ambas as equipes, porém, será um jogo bonito, bem jogado, mas não posso dizer, que o fato de ser a nossa terceira participação na competição, nos coloca na frente do Amazonas. Vai ser dentro de campo, que será definido, até por conta da qualidade da equipe do Amazonas – lembrou Castilho.  

 

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Presidente do Ji-Paraná-RO pede cancelamento do jogo com Manaus pela Copa Verde, em razão da Covid-19

Paulo Rogério

Dirigente da FAF confirma nove equipes na Série B, mas depende da liberação de estádios para o início da competição

Paulo Rogério

“Estou realizando meu sonho”, afirma Charles Chenko ao assumir o comando do RB do Norte na Série B do Amazonense

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...