SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE

“Vamos procurar se impor”, avisa técnico do Ypiranga-RS, em jogo decisivo pela Série C em casa com Manaus

O Canarinho vem de uma boa vitória diante do Mirassol, e ocupa a 12ª posição, com 22 pontos, mesmos pontos do Gavião, mas em 13º lugar.

Foto: Enoc Jr / YFC

Um jogo que vale muito mais do que apenas três pontos, mas ficar longe da zona da degola, e principalmente, brigar pela vaga na próxima fase do Campeonato Brasileiro da Série C. É com esse pensamento, que o Ypiranga-RS, 12º colocado, com 22 pontos, encara em casa o Manaus, com a mesma pontuação, mas uma posição abaixo na tabela. O jogo acontece neste sábado, 6/8, às 17h (18h de Brasília), no Estádio Colosso da Lagoa, na cidade de Erechim, no interior do Rio Grande do Sul.

Com passagem pelo Gavião do Norte, o técnico Luizinho Vieira, afirmou que vencer é fundamental para o futuro da equipe dentro do campeonato, mas acredita no trabalho realizado na semana para alcançar seu objetivo.

Treinador com passagem pelo Gavião, já conhece o seu adversário (Foto: Enoc Jr / YFC)

– É um jogo importante contra o Manaus, em relação do que a agente precisa fazer dentro do campeonato. As duas equipes têm a mesma pontuação, mas a gente procurou fazer uma semana de qualidade com treinos específicos, em relação ao modelo de jogo do Manaus. Vamos procurar se impor dentro do jogo, fazer uma partida consistente e forte. Com uma vitória, a gente foge da zona de rebaixamento, e principalmente fica na briga pela classificação – explicou ao SPORTS MANAUS, mas ainda reforçou.

– O Ypiranga pensa dessa maneira de fazer seu papel dentro de casa, dentro de alguns conceitos, que a gente vem desenvolvendo ao longo do ano, mas também embasado em cima do adversário de estudar bem a equipe do Manaus. Trabalhei aí (Manaus), e entendo como o clube pensa também, ou seja, faz um trabalho gigantesco nos últimos anos – completou.

LEIA MAIS:

De acordo com Luizinho, o elenco já passou por muitas situações difíceis e sabe muito bem como suplantar o Gavião do Norte, apesar de ter um adversário perigoso, pois também precisa do resultado.

– O Ypiranga dentro do seu modelo, dentro da necessidade do campeonato, a gente chegou na final do campeonato gaúcho, que é sempre muito difícil. A gente perdeu seis atletas, após o Gauchão, enfim, demorou um pouquinho para se articular dentro do Campeonato Brasileiro. Agora é procurar fazer esse jogo decisivo e forte – justificou Vieira.

 

 

 

Outras postagens...

Com apoio da FIFA e Conmebol, árbitros do AM vão participar do CURSO RAP-FIFA PROMISSORES 2019

Paulo Rogério

Com gol de Hamilton no final, Manaus empata com Galvez-AC e garante vaga na próxima fase da Série D

Paulo Rogério

Em busca de mais uma vitória na Série B, volante do Vasco diz sobre o jogo com Guarani: “Que a torcida possa fazer a festa”

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol