SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Com placar agregado, Nacional bate o Parnahyba-PI por 3 a 0 e pega o Bahia de Feira na 3ª fase da Série D

Foto: Agência Sports Manaus

O Nacional que deixou de jogar no primeiro jogo, foi outro totalmente diferente e mostrou seu potencial ao vencer o Parnahyba-PI por 3 a 0 no jogo de volta, mas no placar agregado por 3 a 2, conquistando a vaga na próxima fase do Campeonato Brasileiro da Série D. Os gols do Naça foram marcados por Sacramento e Ceará (2). A partida foi realizada na tarde deste domingo (6), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade.

3ª fase

Superado mais um adversário na luta pelo acesso à Série C do ano que vem, o Nacional agora vai enfrentar o Bahia de Feira, na terceira fase da Série D. O Cangaceiro, como é conhecido em dois jogos com o Potiguar de Mossoró, perdeu fora por 1 a 0 e na partida decisiva venceu devolveu o placar. Na cobrança de penalidades, o Bahia venceu por 7 a 6. Pela melhor campanha na 1ª fase, o Naça joga o primeiro jogo fora e decide em casa a vaga para o mata-mata do acesso.  

Jogo

Precisando do resultado, o Nacional começou em cima. Logo na primeira descida, aos oito minutos, abriu o marcador. Pela esquerda, Ceará faz uma jogada com Gilmar, que toca para Sacramento chutar sem chances, 1 a 0.

Aos 20 minutos, o Naca perdeu uma grande oportunidade de ampliar. No meio campo, Gabriel Davis cobra falta e abre para o lado esquerdo para Gilmar. O jogador cruza rasteiro na área, mas a bola passou por dois jogadores na pequena área, mas nenhum tocou na bola para o fundo da meta.  

Na pressão, o Leão da Vila Municipal chegou ao segundo gol. Aos 26 minutos, Gilmar cruza pela esquerda na área para Ceará, que praticamente sozinho tocou para ampliar, 2 a 0.

Depois de levar muita pressão, aos 47 minutos, o Parnahyba teve uma boa chance para diminuir. Pela esquerda, surgiu o cruzamento na área para Luan, que cabeceou sozinho, mas Jonathan fez uma defesa espetacular e evitou o gol.  

Aos 52 minutos, o Naca perdeu uma grande chance de marcar o terceiro. Gabriel Davis cobra falta na área, a bola sobra para Ceará do lado direito, que cruza, mas no rebote da zaga Gilmar perdeu um gol feito na pequena área.

Segundo tempo

Na volta, o Nacional veio com força total em busca da vaga. Aos 12 minutos, depois da dividida na entrada da grande área, a bola sobrou para Ceará de frente para a meta chutou no canto direito do goleiro Cris, 3 a 0.

Aos 35 minutos, quase o Naca ampliou, Pela esquerda, João Victor em jogada individual passou pelo marcador e na linha de fundo bateu forte, mas o goleiro Cris defendeu para a linha de fundo.

O Naça queria ampliar mais o placar. Aos 40 minutos, Iury Tanque domina na entrada da grande área, mas sofre uma falta. Na cobrança, Wendell Nery bateu forte, mas em cima do goleiro do Parnahyba.

Na pressão, o Naca quase marcou mais um. Aos 41 minutos, novamente João Victor domina na área, passa pelo zagueiro e chuta, mas o goleiro Cris defendeu no canto direito e evitou o gol.

A situação do Parnahyba ficou pior ainda. Aos 44 minutos, Tallys comete uma falta intencional. Como já tinha amarelo, o árbitro aplicou outro amarelo e na sequência um vermelho.

O Leão da Vila Municipal ainda tentou marcar mais um gol, mas no final resolveu no ataque segurar um pouco mais a bola para gastar o máximo possível o tempo de jogo até o árbitro apitar.  

Ficha técnica:

Data: 06/07/2023 – domingo

Motivo: Campeonato Brasileiro da Série D – 2ª fase / Jogo de volta

Jogo: Nacional 3×0 Parnahyba-PI

Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina – Manaus/AM

Horário: 15h (16h de Brasília)

Renda:

Público pagante:

Árbitro: Luciano da Silva Miranda Filho (CE)

Árbitros Assistentes: Zaqueu Eleutero Linhares (CE) e Yuri Rodrigues Cunha (CE)

Gols: Sacramento 8min 1ºt, Ceará 26min e 12min 2ºt (Nacional FC)

Advertências: Davy, Ítalo, Wendell Nery, Hitalo, Ícaro e Paulinho (Nacional FC) e Tallys, Rodrigo, Rafael Thuca, Renan, Gilmar Bahia e Felipe (Parnahyba-PI)

Expulsão: Thallys (Parnahyba-PI)

Nacional: Jonathan, Clayton, Davy, Paulinho, Gilmar, Ícaro (Daciel), Hitalo (Érico Jr.), Ítalo, Gabriel Davis (Wendell Nery0, Ceará (Kiko) e Sacramento (Iury Tanque). Técnico: João Carlos Cavalo.

Parnahyba-PI: Cris, Renan, Gilmar Bahia, Dendê (Dedê), Elves (Rodrigo), Marcelo (Thallys), Paulinho 10 (Henrique), Guilherme Teixeira, Luan (Brunão), Rafael Thuca e Felipe. Técnico: Oliveira Canindé.

 

 

 

Outras postagens...

Cruzeiro tropeça em casa para o Pouso Alegre, chega ao terceiro jogo seguido sem vencer e aumenta pressão para clássico contra o Atlético-MG

Paulo Rogério

Corinthians é surpreendido pelo Ituano e cai nas quartas de final do Paulista nos pênaltis

Paulo Rogério

Atletas de 15 e 16 anos, realizam sonho pelo CDC Manicoré de jogar profissionalmente na Série B AM

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...