SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Na volta da torcida, Manaus empata com o Ypiranga-RS e perde a chance de avançar na pontuação pela Série C

Manaus empata em casa e perde a chance de conquistar três pontos, o que o deixaria próximo do acesso à Série B de 2022

Foto: Ismael Monteiro / Manaus FC

Na volta da torcida com pouco mais de 12 mil espectadores na Arena da Amazônia, o Manaus mais uma vez pecou pelos vacilos da defesa e a falta de eficácia no ataque. No final, o Gavião do Norte empatou com o Ypiranga-RS em 1 a 1, e perdeu a chance de conquistar três pontos, o que o deixaria próximo da vaga à Série B ano que vem. Com o resultado, o Manaus continua na liderança do grupo D, com cinco pontos, ao mesmo tempo que, o time Canarinho, conquistou seu primeiro ponto. 

O jogo foi válido  pela segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série C, na tarde deste domingo, na Arena da Amazônia, na capital amazonense. O Manaus volta a jogar com o Ypiranga, agora returno dentro do grupo. A partida será no domingo, 24/10, às 17h (18h de Brasília), no Estádio Colosso da Lagoa, na cidade de Erechim, no interior do Rio Grande do Sul.  

Jogo

Logo no começo do jogo, o Manaus cometeu o mesmo erro que vem acontecendo durante toda Série C, com a zaga vacilando em campo. Quem se aproveitou com isso, foi o Ypiranga-RS, que abriu o marcador. Aos dois minutos, falta pela meia direita na área e Quirino toca meio sem querer para marcar, 1 a 0. 

Aos oito minutos, o Gavião chegou com perigo pela primeira vez na meta do time Canarinho. Pela esquerda, Ronaell cruza na área e Raphael Lucas toca de cabeça no canto esquerdo, mas o goleiro Deivity faz a defesa. 

O Gavião do Norte, jogando em casa e com apoio da torcida, saiu com tudo para buscar o empate. Aos 19 minutos, finalmente saiu o gol de empate do Gavião. Pela direita, Igor cruzou na medida para o segundo pau, e Gabriel Davis de cabeça testou no canto direito, sem chances para o goleiro Deivity, 1 a 0.

O Ypiranga tentava segurar o Manaus para não correr o risco de sofrer o segundo gol, com os jogadores claramente praticando o anti-jogo caindo no chão sem nenhum motivo e o goleiro na demora para repor a bola e jogo. Aos 39 minutos, Anderson Paraíba cruza no segundo pau para Guilherme Pira, que chegou atrasado e perdeu a chance de marcar.

Depois de muito sem chegar com uma jogada na meta do Gavião, aos 44 minutos o time Canarinho, teve uma oportunidade, mas sem muito perigo. Silvano recebe na área pela esquerda e chuta para fácil defesa do goleiro Matheus. 

Segundo tempo

Com pouco mais de um minuto, o Manaus deixou claro que queria definir o resultado da partida em casa. Pela esquerda, Ronaell cruza rasteiro no segundo pau para Guilherme Pira. O jogador se esticou todo e perdeu mais uma vez a chance de tocar na bola. 

Aos 22 minutos, pela esquerda, Ronaell cruza na área e Gabriel Davis tentou de bicicleta, mas a bola passou por cima da meta do goleiro Deivity. 

Em seu primeiro lance em campo, o atacante Vitinho, mesmo com sua estatura mediana, quase marcou o segundo gol. Aos 29 minutos, pela direita Daniel Costa cruza na área e Vitinho toca de cabeça para a bola explodir no travessão e sair para fora.

O Manaus não conseguia transformar seu domínio em gols, mas tinha do outro lado uma equipe, que poderia definir o placar se houvesse uma falha. Aos 36 minutos, tiro de canto pela direita com Muriel na área e Quirino subiu praticamente sozinho e cabeceou no canto direito com perigo. 

Ficha técnica:

Dia: 17/10/2021 – domingo 

Jogo: Manaus 1×1 Ypiranga-RS

Motivo: Campeonato Brasileiro da Série C – 2a fase / 3a rodada 

Local: Arena da Amazônia – Manaus/AM

Horário: 15h (16h de Brasília) 

Renda: R$ 644.850,00

Público pagante: 12.897

Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)

Árbitros Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (FIFA/AL)

Quarto Árbitro: José Ricardo Vasconcellos Laranjeira (AL) 

Quinto Árbitro: Hugo Agostinho Chaves da Paixão (AM) Analista de Campo: Vladimir Pessoa Bastos (CBF/AM) VAR: Rodrigo Nunes de Sá (VAR-FIFA/RJ)

Gols: Quirino 2 min 1ºt (Ypiranga-RS) e Gabriel Davis 19 min 1ºt (Manaus)

Advertências: Deivity, Muriel e Clayton (Ypiranga-RS) e Anderson Paraíba e Rafhael Lucas (Manaus)

Expulsão: — 

Manaus: Matheus, Igor, Luís Fernando, Marcelo Augusto, Ronaell, Gilson, Júlio Rush, Gabriel Davis (Vitinho), Anderson Paraíba (Daniel Costa), Denílson (Guilherme Pira) e Rafael Lucas (Diego Rosa). Técnico: Evaristo Piza.

Ypiranga-RS: Deivity, Muriel, Douglas, Kanu, Diego (Jonathan), Mikael (Robson), Silvano (Léo Santos), Clayton, Sodré (Erick), Quirino e Dico (Luiz Felipe). Técnico: Júnior Rocha.

 

Outras postagens...

“As expulsões foram cruciais para o resultado”, lamenta Lecheva sobre a derrota para o Manaus no estadual

Paulo Rogério

Cotado para assumir a Seleção Brasileira, Ancelotti tem data definida para renovar com Real Madrid

Paulo Rogério

Com grande atuação de Oliveira, Rio Negro empata com Operário pelo Amazonense da Série B

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...