SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL NACIONALSÉRIE A

Palmeiras perde do Bahia com gol nos acréscimos e desperdiça chance de dormir na ponta do Brasileiro

Da redação do Sports Manaus, com informações da GAZETA ESPORTIVA – São Paulo, SP – 21/06/23 | 23:29 – 21/06/23 | 23:57

Foto: Cesar Greco / Palmeiras 

Palmeiras visitou o Bahia nesta quarta-feira (21), na Arena Fonte Nova, e saiu derrotado por 1 a 0 nos minutos finais. O gol de Thaciano nos acréscimos da partida, válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, fez com que o clube palestrino desperdiçasse a chance de dormir na dianteira da tabela de classificação da Série A.

A equipe de Abel Ferreira fica com 22 pontos, dois atrás do Botafogo — que ainda joga na rodada, contra o Cuiabá, e pode aumentar a distância na liderança.

O Alviverde, ainda por cima, não conseguiu fazer a manutenção da própria invencibilidade na disputa. O time palestrino agora tem campanha de seis vitórias, quatro empates e uma derrota. O Bahia, por sua vez, alcançou a marca de 12 pontos conquistados.

Atuando com somente um dos cinco convocados nesta data Fifa, o Verdão sentiu falta de Raphael Veiga e Rony. A equipe comandada por Abel Ferreira até teve volume ofensivo interessante, mas pecou nas definições no último terço do campo.

O Palmeiras volta a campo no fim de semana, em duelo importantíssimo. O Verdão recebe o Botafogo no Allianz Parque, às 16h (de Brasília) do domingo, pela 12ª rodada da competição nacional de pontos corridos. Por sua vez, o Esquadrão de Aço visita o Fluminense no Maracanã no dia anterior, às 18h30.

O jogo — A partida começou com o Bahia exercendo, de certa maneira, domínio. O time treinado por Renato Paiva segurava a posse de bola, mas não conseguia furar a defesa palmeirense — com exceção de chute travado de Thaciano, após erro na saída de bola de Zé Rafael.

Depois do início truncado, o Palmeiras, pouco a pouco, foi tomando gosto do jogo. Aos 24, Zé Rafael pressionou a saída de bola rival e, com categoria, chutou colocado de fora da área — a bola passou com perigo, próxima da meta de Marcos Felipe. Pouco após, foi a vez de Artur levar perigo e quase completar a ‘lei do ex’.

Aos 32, novamente o Alviverde chegou com perigo. Artur fez boa jogada pela lateral, invadiu a área e cruzou rasteiro para Endrick. O camisa 9 armou o chute, mas Kanu fez o desarme no momento exato e limpou o lance.

Já próximo do encerramento da etapa inicial, Thaciano apertou a defesa do Palmeiras e arrancou pela lateral. O meia disparou pela direita e buscou Kayky dentro da área — a bola tinha endereço, mas Luan fez belo corte e aliviou para o Verdão.

No último lance do primeiro tempo, polêmica. Artur recebeu e chutou cruzado, já caindo. Marcos Felipe encaixou para fazer a defesa tranquila, mas deixou a bola escapar. O goleiro salvou o lance, literalmente, em cima da linha — o Alviverde pediu gol, mas Wilton Pereira Sampaio recorreu ao VAR para mandar o jogo seguir.

2º tempo

A primeira grande chance de gol da etapa final só foi acontecer aos 11 minutos. Após mais um ‘domínio tímido’ do Bahia, o Verdão ameaçou com boa oportunidade de Dudu: o ‘Baixola’ aproveitou segunda bola após cruzamento na área, que Endrick não conseguiu dominar, e chutou forte. A bola, entretanto, foi em cima de Marcos Felipe — que fez a defesa e jogou para escanteio.

A resposta do time mandante veio aos 24. Acevedo puxou contra-ataque em velocidade e, na meia-lua, serviu Kayky. O atacante limpou a jogada e chutou, mas a defesa alviverde conseguiu travar a finalização.

Aos 30, Luis Guilherme fez cruzamento venenoso pela direita e exigiu grande defesa de Marcos Felipe, que espalmou para escanteio — a bola chegou a bater na trave. No rebote do tiro de canto, a Cria da Academia mais uma vez obrigou bela intervenção do arqueiro do Esquadrão de Aço.

Já nos acréscimos, saiu o único gol do jogo. Cauly fez jogadaça pela intermediária, sofreu desarme e Daniel pegou a sobra. Após o forte chute, que gerou defesa de Marcelo Lomba, Thaciano apareceu livre para completar o rebote: 1 a 0.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 1 X 0 PALMEIRAS

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 21 de junho de 2023, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio
Assistentes: Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira
Cartões amarelos: Vinícius Mingotti, Ademir e Everaldo (Bahia); Endrick, Gabriel Menino e Breno Lopes (Palmeiras)

Público: 31.013
Renda: R$ 1.266.953,00

Gol: Thaciano, aos 47 minutos do 2ºT (Bahia)

BAHIA: Marcos Felipe; Cicinho, Kanu, Vitor Hugo (Gabriel Xavier) e Chávez; Cauly, Acevedo, Rezende e Thaciano; Vinícius Mingotti (Everaldo) e Kayky (Daniel)
Técnico: Renato Paiva

PALMEIRAS: Marcelo Lomba; Mayke, Gustavo Gómez, Luan e Vanderlan; Zé Rafael, Gabriel Menino (Richard Ríos) e Artur (Giovani); Bruno Tabata (Luís Guilherme), Dudu (Breno Lopes) e Endrick (Flaco López)
Técnico: Abel Ferreira

 

Outras postagens...

Corinthians derrota o Vasco, mantém invencibilidade e ganha fôlego no Campeonato Brasileiro

Paulo Rogério

De volta ao Remo, técnico tem pouco tempo para a estreia na Copa SP, mas aposta na experiência do time: “Essa rodagem vai ajudar muito”

Paulo Rogério

Dirigente do Nacional lamenta datas do Amazonense, mas revela que o ideal seria um mês de intervalo para a Série D

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...