SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Com bom retrospecto fora, técnico do Taubaté mostra confiança na final do BR Feminino A3 com 3B: “A equipe vem crescendo”

Em quatro jogos fora de casa até agora, o Burro tem quatro vitórias, com oito gols marcados e apenas um sofrido.

Foto: Rafael Citro/AD Taubaté

Com uma boa campanha, com oitos jogos invictos, e com um ataque com 16 gols marcados e apenas quatro sofridos, o Taubaté-SP chega credenciado como uma grande campanha na final do Campeonato Brasileiro Feminino A3. As meninas do Burro têm pela frente no primeiro desafio da decisão, a forte equipe do 3B da Amazônia, no sábado, 20/8, às 15h (16h de Brasília), no Estádio Ismael Benigno, a Colina. O jogo de volta, que vai definir o título do Brasileirão, será no domingo, 28/8, às 14h (15h de Brasília), no Estádio Joaquinzão, na cidade de Taubaté, no interior de São Paulo.

De acordo com o técnico Arismar Júnior, a equipe vem sempre jogando os primeiros jogos fora de casa, desde quando iniciou o campeonato, mas com quatro vitórias. Para ele, os números dizem tudo sobre o bom retrospecto na casa do adversário.

De acordo com Arismar, as atletas são o que devem fazer na final (Foto: Rafael Citro/AD Taubaté)

– Não é só nesses números, que nós trabalhamos, mas sim na evolução constante da equipe, no crescimento e na confiança. Sabemos, que a equipe vem crescendo sim, ganhando confiança cada vez mais e vai ser um grande jogo fora de casa – completou ao SPORTS MANAUS, mas ressaltou a grandiosidade de disputar uma final de Brasileirão.

– Toda final é importante, ainda mais quando é uma decisão de Campeonato Brasileiro. As atletas sabem o que tem de fazer, sabem do que já foi feito, mas sabemos que temos de continuar trabalhando. Com isso, evoluindo sim, como nós estamos no campeonato para fazer um grande jogo fora de casa – disse o treinador.

LEIA MAIS:

De acordo com o comandante das meninas do Taubaté, quem se credencia em uma final, tem qualidade para disputar um título nacional. Para ele, o time amazonense tem seu valor e qualidade na competição, assim como sua equipe.

– Com certeza, serão dois jogos muito difíceis. São duas equipes preparadas para esse momento, onde nós acreditamos, que temos de valorizar a qualidade do adversário, respeitá-lo, mas respeitar a nossa qualidade e continuar trabalhando em busca do resultado positivo – salientou Arismar.  

 

 

 

Outras postagens...

De virada, Grêmio vence o Flamengo no Brasileirão e quebra tabu na Arena

Paulo Rogério

Flamengo tem dificuldades e fica no empate com o Madureira pelo Campeonato Carioca

Paulo Rogério

Pelo BR feminino Sub-20, técnico do Minas Brasília-DF diz que longo tempo sem jogar foi bom, mas também para o JC-AM

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...