SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE

Com várias chances perdidas, Manaus empata com São José-RS em 1 a 1, na Arena da Amazônia pela Série C

Com o resultado, o Manaus mais uma vez perdeu a chance de avançar na classificação jogando em casa

Com o mesmo roteiro em todos os jogos, com chances são criadas, mas praticamente todas desperdiçadas, o Manaus saiu na frente, mas cedeu o empate diante do São José-RS em 1 a 1, pelo Campeonato Brasileiro da Série C, na tarde deste domingo (22), na Arena da Amazônia. O empate com sabor de derrota, fez o Gavião do Norte cair na tabela, ocupando a sétima posição, com 12 pontos, mas ainda na zona de classificação. Jogando fora de casa, o Zeca, sai com um empate significativo, agora na 12ª colocação, com nove pontos na tabela.

No fechamento da oitava rodada, o Manaus vai enfrentar o Paysandu, que venceu em casa o Volta Redonda, ficando em quinto, com 12 pontos, mesma pontuação do Gavião, mas na frente pelo critério de desempate. O jogo será na segunda-feira, 30/5, às 19h (20h de Brasília), no Estádio da Curuzu, em Belém. O São José volta a jogar em seus domínios e com a possibilidade de avançar na tabela. O Zeca enfrenta o Atlético-CE, em penúltimo lugar, com quatro pontos, no sábado, 28/5, às 10h (11h de Brasília), no Estádio Francisco Novelletto, em Porto Alegre.

Jogo

Depois de uma boa parte da semana com chuva, o clima quente, mas não muito escaldante, contribuiu para o Manaus como aliado em campo. O Gavião do Norte começou em cima do São José e pressionando na saída de bola

Aos nove minutos, o Gavião conseguiu chegar pela primeira vez de forma mais presente no ataque. De longe, o atacante Ibiapino bateu forte, mas sem muita força para dificultar a defesa do goleiro Fábio Rampi.

O Manaus trabalhava as jogadas rápidas para entrar na defesa do Zeca, que ficava atrás esperando o time amazonense. Aos 10 minutos, em jogada rápida do Gavião saiu o primeiro gol. Silvano serve o atacante Ibiapino, que chuta no canto esquerdo sem comeces para o goleiro do São José, 1 a 0.

O Gavião continuava melhor em campo e na pressão. Aos 22 minutos, Jô cobra tiro de canto pela direta na área e Rayne sobe mais alto e toca de cabeça com perigo por cima da meta de Fábio Rampi.

Aos 28 minutos, o Manaus teve a maior a chance de marcar o segundo gol. Luiz Felipe mete uma bola no meio da zaga para Silvano, mas antes que possa chutar, o goleiro do Zeca se antecipa e evita o tento.

Após sofrer um sufoco, no primeiro lance real no ataque, o São José chegou ao empate. Aos 33 minutos, em um lance pela esquerda, bola na área para Maradona, que toca no canto direito do goleiro Matheus Inácio, 1 a 1.

Na pressão, o Manaus partiu para o segundo gol. Aos 36 minutos, após um cruzamento pela ditaria na área para Felipe Baiano, o jogador de cabeça testa no canto esquerdo, mas o goleiro se esticou todo para salvar no cantinho.

Segundo tempo

Com menos de um minuto na etapa complementar, o Manaus chegou na área do Zeca. Pela esquerda, Silvano recebe uma bola pela esquerda, mas na hora do chute saiu sem muita força.

Aos oito minutos, outra investida do Gavião pela esquerda. Rayne cruza na área e Felipe Baiano sobe para cabecear, mas sem muita força em cima do goleiro do São José.

Aos 11 minutos, o Gavião criou a maior chance de ficar na frente do marcador. Após um cruzamento pela esquerda, o zagueiro Paulo Sérgio cabeceou no canto direito e o goleiro Fábio Rampi, fez uma grande defesa.

O jogo ficou nervoso e com alguns lances um pouco mais viril na disputa de bola. O Manaus chegou mais uma vez com chances de marcar. Aos 20 minutos, Rayne sobe pela esquerda, toca para trás e Felipe Baiano. O atacante bate de canhota no canto esquerdo de Fábio Rampi com perigo.

Em outra jogada perigosa, aos 31 minutos, Jô bate uma falta pela esquerda na área e o zagueiro Claudinho, por pouco passou da linha da bola e perdeu a chance de cabecear.  

Ficha técnica:

Data: 22/05/2022 – domingo

Jogo: Manaus 1×1 São José-RS

Motivo: Campeonato Brasileiro da Série C – 1ª fase / 7ª rodada

Local: Arena da Amazônia – Manaus/AM

Horário: 15h (16h de Brasília)

Público presente: 6.608

Renda: R$ 65.040,00

Árbitro: Zandick Gondim Alves Júnior (RN)

Árbitros Assistentes: Vinicius Melo de Lima (RN) e Lorival Candido das Flores (RN)

Gols: Ibiapino 10 min 1ºt (Manaus) e Maradona 33 min 1ºt (São José-RS)

Advertências: Tiago Pedra, Matheus Cazzeta e Sillas (São José-RS) e Jô, Ibiapino, Rayne e Neto Costa (Manaus)

Expulsão: —

Manaus: Matheus Inácio, Jô, Claudinho, Paulo Sérgio (Marco Antônio), Rayne, Renan, Felipe Baiano, Gilson (João Denoni), Luiz Felipe (Palmares), Silvano (Renanzinho) e Ibiapino (Neto Costa). Técnico: Evaristo Piza.

São José-RS: Fábio Rampi, Samuel, Tiago Pedra (Matheus Cazzeta), Jadson, Marcelo, Fabiano (Marco), Lissandro (Zorro), Sillas (Matheus Monteiro), Gabriel Lima, Vini Moura e Maradona (Thayllon). Técnico: Paulo Henrique Marques.

 

 

Outras postagens...

“Vamos buscar a vitória”, diz técnico do Fast, mas afirma que um empate será bom diante do Moto Club, pela Série D

Paulo Rogério

Inter aproveita “Lei do Ex”, vence o Sport e se aproxima do G4 do Brasileirão

Paulo Rogério

São Raimundo vence na estreia, mas Cliper mostra potencial no primeiro jogo da Série B do AM

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol