SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Em jogo com Manaus pela Série C, técnico do Remo define: “O momento é de cooperação e doação para vencer”

Foto: Samara Miranda/Ascom Remo

Um jogo decisivo, fundamental e que pode garantir uma das vagas na próxima fase do Campeonato Brasileiro da Série C. O Remo, terceiro colocado com 27 pontos, encara o Manaus, quinto lugar com 23 pontos fora de casa, pela penúltima rodada da fase classificatória. O jogo será realizado na noite deste sábado, 28/11, às 18h (19h de Brasília), na Arena da Amazônia, na capital amazonense.

Na reta final para a classificação, o técnico do Leão Azul, Paulo Bonamigo, analisa o grupo como muito equilibrado e com os times buscando a afirmação em campo para concretizar a vaga. Para ele, todo detalhe é importante e pode ser crucial no resultado final.

Treinador afirmou que vai com todo respeito, mas sabe do potencial do time (Foto: Samara Miranda/Ascom Remo)

– O grupo A tem quatro times brigando por três vagas. Já no grupo B tem cinco times brigando por quatro vagas. Tudo está muito competitivo, muito próximo, com um nível técnico muito igual e muito similar. A diferença que temos de colocar na cabeça, é que agora o momento é de cooperação e doação cada vez maior dentro de cada partida para conseguirmos vencer – explicou Bonamigo ao SPORTS MANAUS, mas ainda citou o que se pode esperar em campo.

–  Acho que vai depender do histórico e do contexto no geral do que vai acontecer dentro do jogo. Por exemplo, as vezes nós já tivemos jogos que jogamos muito superior ao adversário e perdemos, como foi com o Santa Cruz. Já tivemos partida que não jogamos tão bem e vencemos, contra o Treze, mas isso é a Série C. As vezes não se consegue uma imposição, porque é muito equilibrado – disse.

Sabendo do desespero do adversário de apenas e somente jogar pela vitória de qualquer maneira para sonhar com alguma vaga, Bonamigo, disse que isso é uma situação do time amazonense, mas afirmou que o momento pode se construir uma vitória.

– Com equilíbrio, organização, inteligência para jogar e maturidade para jogar uma partida decisiva tem que ter muita transpiração, mas acima de tudo organização, saber ter eficiência, principalmente quando tiver melhor. Vai ser difícil, na Série C, a gente não vê uma equipe o tempo todo melhor que a outra. No momento que tivermos melhor, vamos transformar em eficácia para gente conseguir nosso resultado – contou, mas espera um jogo diferente do que foi da primeira vez quando o Remo venceu em casa.

– Sem dúvida, cada partida tem sua história, pois era outro momento das duas equipes. Esse momento agora, o Manaus vem de uma sequência muito positiva. A gente vai com todo respeito, mas sabemos do nosso potencial, e temos que acreditar que foi construído em toda Série C. O Remo ficou quase sempre dentro dos quatro classificados, enfim, nós temos que entrar muito forte para manter isso nessa reta final do campeonato – finalizou o treinador do Leão.

 

Outras postagens...

Atletas revelados na Escola de Futebol do Santos Manaus, embarcam para jogar pelo Linense no Paulistão Sub-17

Paulo Rogério

Na estreia do Amazonense Sub-20, Librade sai na frente, mas cede empate para o Manaus em 1 a 1

Paulo Rogério

Desfalcado, Rio Negro empata com Tarumã na estreia pelo Amazonense da Série B

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...