“Só dependemos das nossas forças”, define técnico do Galvez-AC sobre jogo com o Fast, pela Série D

164

Foto: Manoel Façanha

Pela última rodada da fase classificatória, o Galvez-AC tem uma partida decisiva fora de casa, onde o único resultado é a vitória para chegar na liderança do grupo 1, mas torcendo também pelo tropeço dos outros adversários. Com esse pensamento, o Imperador, terceiro com 23 pontos, encara o Fast Clube, líder com 25 pontos, no sábado, 28/11, às 15h (16h de Brasília), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade.

De Rio Branco, com pouco tempo no comando do Galvez, Paulo Roberto de Oliveira, disse que vai jogar todas as suas apostas na partida, mesmo sabendo que o time amazonense é muito qualificado. Para ele, a partida é como se fosse uma decisão.

– Com relação a classificação, só dependemos das nossas forças para que a gente possa ficar pelo menos em segundo lugar. Se a gente ganhar do Fast, consegue o segundo lugar, independente de outros resultados. Nosso objetivo é esse, até porque precisamos nos posicionarmos melhor na tabela, pois pretendemos fazer o segundo jogo do mata-mata, em nossos domínios – explicou ao SPORTS MANAUS.

Com o ataque mais positivo, com 25 gols marcados, ao lado de Fast e Bragantino-PA, o técnico do Galvez, afirmou que procurou observar a característica dos jogadores para tirar o melhor que cada um dentro de campo.

– Com relação a nossa ofensividade, são jogadores com vocações ofensivas e dentro disso, organizamos o sistema tático, aproveitando as características desses jogadores, porque não tem como fazer um time defensivo com jogadores ofensivos. É evidente que a gente tem de trabalhar com equilíbrio, ou seja, atacar bem e defender bem. É fundamental ter esse equilíbrio dentro de campo para criar um modelo de jogo – contou, mas lembrou que a goleada sofrida na estreia é coisa do passado.

– Com relação a primeira partida, inclusive comentei alguns jogos por uma emissora e vi esse jogo. O Galvez foi surpreendido pelo Fast, que impôs sua melhor condição naquele momento com um time que tem vocação ofensiva e muito bem treinador pelo Lecheva. Foi um placar atípico, que não se esperava, mas pelo que o Fast produziu foi merecedor do placar – concluiu.

 



I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.