SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE

Manaus aproveita as poucas chances, vence o Princesa e conquista seu quinto título do Amazonense

Gavião chegou a sua sexta final consecutiva em seis anos de disputa na elite do futebol amazonense

Com domínio em toda partida, chances criadas, mas com vários gols perdidos, a máxima do futebol entrou em campo: “quem não faz leva”. Assim pode ser definido o resultado final, na conquista do título do Manaus ao vencer o Princesa do Solimões por 2 a 1, na partida de volta da grande final do Campeonato Amazonense da Série A. Com gols de Palmares e Rayne, o Gavião do Norte, repetiu o placar do jogo anterior, na tarde deste sábado (2), no Estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, na cidade de Manacapuru (a 86 km da capital).

Em seis anos de disputa na elite do futebol amazonense, o Gavião do Norte chegou em sua sexta final consecutiva, conquistando o pentacampeonato estadual na atual temporada. A sequência vitoriosa foi quebrada em 2020, mas disputado ano passado, quando o Gavião empatou com o Penarol no tempo normal em 1 a 1, mas perdendo na cobrança de penalidades por 6 a 5, no dia 1º de março, na Arena da Amazônia.  

Ficha técnica:

Data: 02/04/2021 – Sábado

Motivo: Campeonato Amazonense da Série A – Final / Jogo de volta

Jogo: Princesa do Solimões 1×2 Manaus

Local: Estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão – Manacapuru/AM

Horário: 15h30 (16h30 de Brasília)

Renda:–

Público pagante: —

Árbitro: Freddy Rafael Lopez Fernandez

Árbitros Assistentes: Anne Kesy Gomes de Sá e Wendell Saraiva da Silva 

Gols: Palmares 19 min 2ºt e Rayne 45 min 2ºt (Manaus) e Jonas 21 min 2ºt (Princesa do Solimões)

Advertências: Luciano (Princesa do Solimões) e Palmares, Thiaguinho, Rayne, Ibiapino, Claudinho, Silvano e Gutierrez (Manaus)

Expulsão: —

Princesa do Solimões: Luís Paulo, Carlinhos (Jonas), Eric, Ivanzinho, Fabrício, Felipe Tiririca, Koffi (Edinho Canutama), Dedê (Monte Alegre), Rodolfo (Guilherme Lima), Luciano (Frank) e Max Nobrega. Técnico: Aderbal Lana.

Manaus: Reynaldo, Gutierrez, Claudinho, Rayne, Renan Luís, Felipe Baiano, Gilson, Palmares (Toninho), Thiaguinho (Chan), Silvano (Vitinho) e Ipiapino (Moreira). Técnico: Evaristo Piza.

 

 

Outras postagens...

Sem Cristiano Ronaldo e estrelas, Manchester United estreia na Copa da Liga com ‘time B’ de R$ 2,4 bilhões

Paulo Rogério

Ex-Aparecidense fecha com o Naça e afirma: “Não vim para passear”

Paulo Rogério

Palmeiras bate Santos e deslancha em 1º lugar no Grupo C do Paulistão

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol